Como ficar em um relacionamento sem se machucar




Um dos maiores medos dos homens e mulheres (de qualquer idade!) é estar em um relacionamento e acabar se machucando. Este é um risco mesmo a se correr, bem real. Mas, apesar de não se poder ‘mandar nas coisas do coração’, todo mundo pode prevenir um pouco as lágrimas que poderiam cair e ao menos diminuir as dores do relacionamento.

mulher triste

Tente não se envolver muito com os problemas pessoais dele (a)

Este é um dos erros mais comuns. Se vocês não são casados, uma certa distância dos problemas pessoais do outro garantem tanto a sua privacidade quanto economizam estresse e lágrimas. Depois de um tempo você acaba se sentindo parte da família por estar muito envolvido, e isso torna a separação ainda mais dolorosa quando acontece. Por isso manter uma distância segura é importante. Você pode continuar ouvindo todas as lamúrias do outro, mas a distância é importante para o seu próprio bem.

Evite ter uma rotina muito intensa com ele (a)

Isso torna a sua vida chata e sem graça. Quando a agenda do outro está lotada e você fica decepcionado quando ele não pode estar com você. É interessante eventualmente sair com seus amigos ou sozinha mesmo. Uma agenda lotada não é bacana para ter tempo para o outro, mas ter seus próprios planos ajuda a não se sentir abandonado quando o outro não pode estar a seu lado.

relacionamentos

Mantenha sua agenda atualizada

Não quer dizer sair paquerando todo mundo por ai, mas ao menos de vez em quando não descarte a possibilidade das coisas não darem certo na sua vida com o namorado atual. Pensar assim dói menos em um fim de relação.

Evite esperar demais do outro

Não espere mais do que ele possa dar a você e não faça planos grandes e longos. Você vai sofrer e ficar frustrada quando não conseguir o que estava sonhando e vai se machucar. Espere coisas pequenas e, quando coisas grandes vierem na relação, você vai se sentir mais feliz.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

Revenda Roupas

Deixe um comentário