Meu Namorado Me Bateu. Devo Perdoar?

A agressão em um namoro, por mais que o outro diga que é normal, não é. Nenhum ser humano deve ser submetido a qualquer ato de violência e quando isso acontece, talvez seja hora de repensar a relação. Depois de uma agressão física as desculpas são diversas: “eu jamais vou fazer isso”, “foi no calor do momento”, “eu estava com muita raiva”…mas será que vale ignorar um ato tão violento do namorado?

mulher apanha do namorado




Avalie como aconteceu a violência antes de perdoar

Geralmente, quando contamos uma versão de uma briga contamos sempre de uma forma que nos beneficie. É comum, um ato de proteção e ninguém vai te recriminar por isso. Mas, será que este foi o seu caso? Antes de dizer que seu namorado te bateu, o bom é refletir se foi uma agressão gratuita e não provocada ou você fez algo antes. Se a mulher bateu primeiro e o ato do homem foi apenas uma resposta, pode ser que seja a hora de repensar o que aconteceu  e reavaliar a opção de perdão. O que pode acontecer, é que no calor da emoção, você deu um tapa nele e levou um de volta, se for um evento isolado, pode ser considerado um perdão.

Mas, se ele te bateu de uma forma gratuita, porque você fez algo que não o agradou, repense sua opção de ficar com ele ou não. Parece ilógico deixar o namorado mas pode ser o necessário. Para o seu próprio bem. O amor deveria ganhar sempre, mas não contra o seu bem estar.

mulher apanha do namorado

Antes do seu amor, sua vida!

Antes de perdoar um namorado violento, pense, repense e depois pense de novo. Analise o tudo que já viveram juntos e veja se ele vale mesmo a pena, e se há chances de acontecer de novo. Se ele te agrediu uma vez e adora brigas na rua, nada indica que ele não vai fazer de novo. Agora, ele vai te pedir perdão e começar tudo no maior romantismo, mas isso pode se tornar um grande ciclo vicioso: ele te agride, pede perdão e logo em seguida faz tudo de novo e você vai acabar perdoando de novo. Muitas mulheres vivem nesta situação há anos.

Converse com amigos

Caso você não esteja vendo a situação em que se encontra, que tal procurar amigos e parentes que confie? Converse sobre o que seu namorado fez e busque uma segunda opinião. Escute e veja se vale a pena mesmo uma segunda chance, se vale a pena ficar com medo de apanhar de novo e se é isso que você quer para a sua vida.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

Revenda Roupas

193 Comentários

  1. dor says:

    Não quero me identificar moro a 2 anos com um rapaz que ate no começo dos namoro nunca imaginva que eras tão violento e apaixonado pela mãe ele simplesmente fazz tudo pela mae pois ela o enconbre mais o pior não é isso é que a primeira vez que ele levantou a mão pra mim eu não fiz nada simplesmente questionei porque ele me deixou em casa foi levar o amigo e so voltou 1 da manhã isso não tinha nem um mes que estavamos morando juntos ele chegou no carro cheio de mulheres fui questionar e simplesmente ele pegou um pedaço de pau e me bateu no dia seguinte não falei mais fui errada pois deveria ter dado um ponto final nesse maldito relacionamento depois dai em diante me bater virou hobby tudo que eu falo se ele se sentir ofendido ele me bate e agora a situação piorou pois meu pai esta muito debilitado e sinceramente tenho muito medo dessa brigas cair no ouvido da minha familia meu pai não ia gostar e muitas brigas iriam rolar ate morte teria gente por favor um conselho atualmente se eu n quero ira na casa da mae que ele venera na verdade que ele ama de paixão ele me bate tudo eu não aguento mais, depois que tudo isso acontece ele vem dizendo lhe bate a culpa é sua me ofende me humilha diz que vagabunda é assim que se trata fora que ele não tem pai é registrado por outro mim ajudem. um conselho o que devo fazer sem que minha familia saiba pois tenho medo de meu pai n aguentar .

  2. Ag says:

    Tenho 18 anos namoro a 1 ano e três meses no começo ele era um amor comigo , depois que se passaram 3 meses ele começo as agressões. Agente não pode sair na rua para fazer um passeio​ que ele fala que eu tô olhando pra alguém e começa gritar e me bater na rua ,sendo que sou completamente apaixonada por ele e nunca fiz isso. Ele não vai na minha casa pois minha família não gosta dele , então ele “estabeleceu” os dias que devo vim pra casa dele pra dormi aqui que é , quarta sexta sábado e domingo e sempre assim fico na minha casa só três dias não gosto disso sinto falta da minha família mas ele não entende já tentei conversa mais ele não me intende. Não posso ter amigas pois ele não gosta tento me separar dele mais não consigo não sei o porquê e o pior é que sofro tudo isso calada , oque faço me ajudem …. 😐

  3. Bruna says:

    Eu namoro cai fazer 4 anos…. O FDP do meu ex namorado, me bate, fica nervoso por qualquer coisa…. Já vem pra cima de mim… E ai de mim se fizer algo, ir pra ou algo do tipo… E falar pra alguém… Tô ferrada… Eu amava demais ele… Mas ele me bateu demais já, então foi esfriando sabe… Minha mãe me expulsou de casa, e tô morando na casa da vó dele… Ele mora na casa dos fundos no mesmo terreno… Não tenho parente perto, tô sozinha na verdade… Tenho um amigo, que quer ir embora de casa também, mas por outros motivos tô pensando seriamente em alugar uma casa com ele por que viver assim não dá mais… Eu quero ser feliz sabe… Tá tão difícil, vai ser difícil demais… Já me avisaram faz tempo pra eu largar dele… Mas sempre fui atrás que nem trouxa, que nem uma otaria atrás implorando perdão pra esse idiota, teve momentos excelentes na nossa vida sim, mas depois que começou a me agredir ficou essa merda que ra hoje… Ele eh bom em partes, mas ele me machuca demais me bate como se tivesse brigando com homem, agora mesmo socou minha cabeça, minha testa tá com um galo por causa do soco que ele me deu… Sabe por que??? Por que eu vi que ele tava com aqueles apps de bate papo, e pedi pra ver, e ele não deixou ficou com raiva de eu insistir, e deu nisso!!! Me socou! Vocês acham que devo ir embora?

  4. Anonimo says:

    Oi pessoal
    Eu namorei a distancia por 1 ano e faz um ano que estamos juntos. Amo muito meu esposo,larguei trabalho tudo por ele. Ele é muito atencioso , carinhoso. Ele tbm é muito nervoso,nas brigas me humilha muito e me chinga demais. Ele nao gosta de que quando eu faço algo errado eu dê jusificativa e começe com “mais”. Tivemos uma discursao, eu falei ‘mais” levei um tapa na cara, eu começei a chorar , ele tapou minha boca e colocou o cutuvelo no meu braço precionando com toda força. Falando assim : eu nao te bati, para de chorar agora. Até que ele me soltou. Ele falou que era p eu arrumar minhas malas e foi para sala. Eu fiquei queta no meu canto, perdoei a agressao e fui na sala procurar ele. Ele chorou mais disse que nao tinha volta, eu insisti e estamos ainda juntos. O que eu faço?

  5. Tai says:

    Ele aperto o meu braço como se tivesse me puxando em uma festa tds olhando, o meu braço ficou machucado pois foi com muita força a ponto de me ferir, durante a discussão eu dei as costas a ele novamente e ele me puxou pelo pescoço, e machucou o pescoço da mesma forma q ele fez no braço, alem disso, durante a discussão, me enforcou a ponto de os seguranças ter que tirar ele da festa, alem de tudo me disse varias coisas, as palavras não saem da minha cabeça, ele me diminuía, eu o amo mas diante de tudo que foi dito por ele acho que realmente n damos mais certo. Tudo isso por besteira, por eu nao ter gostado de uma atitude dele, temos 4 anos juntos, sei oque devo fazer que é deixa-lo, mas acho que o costume de ter alguém por perto me deixa com medo. Estou tão dividida e tão machucada com tudo isso. Queria que tivesse sido diferente.

  6. leslie says:

    Eu estive em grande escravidão por quase 2 anos de sofrimento nas mãos de um marido batota, estávamos felizes e saindo bem até que ele quis dizer sua velha namorada tempo tempo e ela começou a namorar fora do nosso casamento antes que você sabia que ele parou de cuidar e Cuidando de sua própria família era na medida em que agora ele estava planejando casar com ela e se divorciar de sua própria esposa, eu chorei e relatei para sua família, mas ele nunca ouviu ninguém, mas para cortar a minha história curta i Veio em busca de um conjurador mágico real que poderia destruir seu relacionamento e fazê-lo voltar para sua esposa e 2 crianças na minha pesquisa eu vi pessoas fazendo testemunho sobre como seu casamento onde restaurado por DR feiticeiro eu pegar o seu e-mail e eu contei a minha história Para ele e ele concordou em me ajudar e depois de realizar um feitiço no terceiro dia ambos tiveram uma briga e ele bateu sua namorada para cima e ele veio para casa pedindo para eu e meus filhos pequenos para perdoá-lo que seus olhos estão claros agora que ele Nunca fará qualquer coisa que machucará sua família outra vez e promete ser um pai importando-se e nunca enganar again.I sou assim que feliz que eu não o soltei à menina toda a apreciação vai ao feiticeiro do DR para você é um rodízio do grande encanto E a quem isto pode interessar se você tem um marido ou uma esposa de batota você pode também enviar por correio electrónico (hechicero.de.amor1@gmail.com) Jolene Leslie de USA

  7. Olá.. aproximadamente três a quatro semanas eu larguei de minha namorada ..nosso relacionamento não era dos melhores sempre com idas e voltas, mas nenhum a tratava o outro com agressividade.. dessa última vez foi diferente aconteceu oque eu imaginei que nunca aconteceria comigo ..por brincadeiras tonta de amigos ela me deu um tapa na cara foi tudo muito rápido eu fiquei sem reação mas logo em seguida minha vontade era devolver mas minha mae criou foi um homem discutimos e resolvi sair para refrescar a cabeça…. depois disso nunca mas esqueci esse dia eu amo muito ela mas isso que aconteceu foi de mas é acho que ela perdeu o respeito….

  8. Rayane Paola says:

    Namoro a 1 ano, ele sempre quando bebe fica agressivo. Na primeira vez foi na formatura da Irma dele, estávamos brincando e ele deu 3 se liga na minha cabeça, mas foi soco mesmo.
    A segunda vez foi quando eu descobri a traição, ele estava muito bêbado e eu escondi a chave do carro p ele não poder dirigir e aí ele me deu dois soco na minha cabeça de novo!
    E teve essa terceira e última que estávamos entre amigos e ele me deu outro se liga, mas quando chegamos na casa dele, ele me agrediu na frente da mãe dele. O pior de tudo é que eu perdoei ele entre outras às vezes , já passei por traições também e eu sempre o perdoei, mas… dessa vez eu to com medo, não quero um homem desse na minha vida !
    Eu o amo muito e estou sofrendo, não sei o q fazer 😢 Quando ele está puro ele é um amor de pessoa.

    • Carla says:

      Rayane, pensa bem pois se ele gostasse de você ele não faria isso por saber que iria feri-la fisicamente. A lei Maria da Penha existe para ajudá-la, nem que seja ameaçando´-o de coloca-lo na cadeia. Você pode pedir medida protetiva, onde ele teria que manter distância de você ou simplesmente registrar um boletim de ocorrência toda vez que for agredida, para inibir uma situação pior no futuro. E toma anticoncepcional, pois se você tiver um filho desse cara, imagine o ambiente que você vai colocar essa criança. Se não tiver dinheiro pra comprar, procura a rede pública e se preciso for, fala pelo que você está passando no posto de saúde e pede ajuda. Pede orientação de Deus, sei que certamente quando você largar desse cara vai aparecer uma pessoa bacana, pois só aí você mostrou dois defeitos dele: bater em mulher e ser um bêbado. Beijos e boa sorte.

    • gustavo says:

      Bem feito para você. Mulheres só gostam de caras assim. Eu sou rapaz legal e nenhuma menina me quis na vida inteira. Quem está na cozinha é para se queimar mesmo.

  9. Anônimo says:

    Sou homossexual e estou em um relacionamento a 2 anos, e morando junto a 8 meses, nós duas sempre tivemos um ótimo relacionamento porém a pouco mais de 3 meses estamos tendo constantes brigas, a grande maioria por ciúmes da parte dela, e tenho recebido reclamações que estou sempre sendo grossa, e concordo em partes com isso. Nossas brigas sempre foram normal, nada de humilhar, xingar ou bater, porém teve um dia que saímos pra balada, e eu acabei bebendo um pouco mais que o normal, eu percebi que não estava bem e pedi pra ir embora, me lembro apenas de sairmos da balada pra virmos pra casa, depois disso eu não me lembro! Segundo o que ela e meu amigo me disse eu não a desrespeitei em nenhum momento, apenas ria bastante e tinha dificuldades parar andar, mas no cominho ela perdeu a paciência comigo e me bateu algumas vezes ate chegar em casa, puxou meu cabelo, me mordeu, me deu tapas no rosto e me segurou com muita violência. Acordei no outro dia, com muita dor e marcas roxas no corpo, eles me disseram o que aconteceu, fiquei magoada pela atitude dela, afinal eu não fiz nada que justificasse a agressão e eu tbm já cuidei dela bêbada e nunca bati nela. Ela pediu desculpas disse não faria de novo e eu desculpei ate pq me sinto um pouco culpada por ter ultrapassado meus limites e ter bebido um pouco mais que o normal. Passou alguns meses tivemos outras brigas e nessas brigas ela já me segurava pra não me deixar sair de perto dela ate ela dizer tudo o que precisava ser dito, mas nesses momentos de me segurar ela era agressiva e eu sempre fiquei dolorida depois. E a dois dias atrás tivemos uma outra briga por causa do ciúmes dela, fiquei muito nervosa e falei que não dava motivos pra ela desconfiar de mim, falei que não queria mais nada com ela, e que eu sairia com quem eu quisesse, ela surtou e me deu um tapa no rosto. Ficou me segurando e eu na tentativa de sair de perto dela arranhei o braço dela, e me tranquei no banheiro, fiquei me sentindo um lixo, e queria que ela tbm se sentisse um lixo, abri a porta e comecei a falar tudo que atinge ela tudo que a deixa triste. Ela só ouvia e chorava pediu perdão disse que jamais fará de novo. Ainda estamos sepadas porem moramos na mesma casa, dormimos separadas, e concordamos eu tentar reconstruir pelo menos a nossa amizade. No momento estou desempregada e não tenho condições de sair daqui. Eu a amo muito mas estou profundamente magoada, mas tem momentos que penso em voltar com ela por conta desse sentimento, mas tenho medo que essas coisas aconteçam novamente. Não sei o que fazer!!

  10. Fany says:

    Namoro tem dois anos. Com 4 meses de namoro, ele saiu de madrugada e eu descobri, fui até a porta da casa dele, brigamos e ele me enforcou quando disse que eu largaria. Enquanto me enforcava ele dixia: Não pode me largar, eu te amo. CONTINUEI COM ELE. Logo depois, uns 7 meses depois fomos a Barretos. Ele me bateu, me deu tapas e empurrões dentro do ônibus, depois q todo mundo tinha descido, tudo porque tinha uns caras de fora do ônibus e chamaram a moça loira ao meu lado e eu chamei ela. Depois disso, ele viu uma foto de um famoso, modelo, sei lá o que o cara é , sem camisa no meu Instagram. Ele me bateu. Me empurrou e meu deu tapas na cara. Ontem, veio me contar que o irmão dele bateu na namorada, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Agora fico aquimaginando esperando quando será a próxima vez.

  11. Keke says:

    Estou em dúvida se eu fui a culpada! Namorei há 2 anos e agora fui agredida!
    Tudo aconteceu por besteira, nosso relacionamento já estava cheio de discussões por motivos que ele não fazia nada pra mim. Sempre deixava pra depois, ou reclamava e etc… no dia da agressão ele estava mal humorado e não quis fazer um favor pra mim! Aí eu comercei a jogar na cara dele tudo! Falei que ele vivia com cara de cú pro meu lado, que parecia um viadinho, que se fosse os amigos dele ele faria na hora e com um sorriso no rosto. Aí joguei muita coisa na cara dele e ele rebatendo com raiva! E eu chamava ele de viadinho, parece viado! Aí ele mandou eu repetir, e no momento de calor eu repetir sem querer, vendo que ele já estava com muita raiva! Aí ele me deu um tapa na cara! Peguei um objeto pra me defende, e ele me segurou e me derrubou, quando dei com o objeto na cadeia dele, que feriu e aí ele começou a dar tapa no meu rosto de todos os lados! Aí fiquei sem reação e sem ter como me defender! Só queria me proteger! A cabeça dele sangrou aí que ele continuou me batendo! No fim ele foi se lavar, e eu fui embora da casa dele! Aí compartilhei no mesmo dia com algumas conhecidas! E algumas me falaram que eu tinha errado por ter ofendido ele várias vezes verbalmente, chamado ele de viado e etc…

    • karye says:

      moça vc nao tem mãe nao ? nao tem nenhum parente? é impossível aceitar viver assim, mesmo que vc seja sozinha , peça ajuda no q seja a um desconhecido , fuja de casa, se for o jeito + nao aceite isso nao, . ou sera infeliz pra sempre! estou supreendida com isso,. se quiser uma amiga ,estou aqui. mantenha contato no zap (75999651892). Deus te abençoe, abraço!

      • vera says:

        e eu que namoro com um rapaz que é esquizofrênico mas é desconfiado e vê coisas que não existem por causa da doença ele não me bateu mas ameaçou bater-me e quando ficou agressivo e talvez em surto me chamou o pior nome que se pode chamar a uma mulher mas não foi a primeira vez que me chamou desse nome, já nem tem conta as vezes que ele me chamou disso, eu sei que ele é doente só não faço por ele o que não posso e depois sou tratada de maneira tão fria e depois quando fica mais calmo me pede desculpa eu desculpo, promete não fazer de novo e depois faz outra vez tudo de novo, quando está calmo diz que me ama, quando fica agressivo ou enraivecido é uma outra pessoa parece que me odeia e não sei no que acreditar, apesar da doença dele ser grave será possível me amar e me maltratar, é que às vezes parece que ele me ama fica carinhoso comigo ou finge, já não sei o que pensar, a família dele não quer saber eu acabei de perder o meu pai que entretanto faleceu e já não tenho mais a minha mãe viva, minha família mora longe de mim, eu não tenho qualquer rendimento pq nunca trabalhei por ter fobia social me sinto sozinha mas tb estou farta de ser chamada desse nome, se eu me afastar não sei para onde vou viver e ainda tenho uma cadela a viver comigo e além disso a mãe dele já não está viva e a família dele não quer saber depois da morte da mãe dele meteram-no na rua para venderem a casa onde ele vivia com a mãe sem se preocuparem com ele apenas com o dinheiro que iam receber e o pai ainda o queria enganar para ele receber menos dinheiro, então teve que morar na rua buscando comida nos caixotes de lixo e depois foi para centros de acolhimento há um cá em Portugal que é horrível até bananas pretas dão às pessoas e tratam-nas mesmo mal sem contar que são sempre revistadas antes de entrarem para lá todos os dias, depois lá o ajudei a encontrar um quarto alugado já que não podia pagar a renda de uma casa e outras despesas então eu penso como será o meu futuro e para onde irei viver tendo uma cadela e sem qualquer rendimentos e nem tenho amigos a família mora longe de mim e ele a família não quer saber e arranja sempre problemas em todos os quartos que aluga por causa da doença que por vezes a dona ou dono da casa tem de o expulsar e não quero que ele vá para aquele centro de acolhimento horrível nós estamos numa casa em que o meu pai estava a pagar a renda e outras despesas agora como faleceu a minha irmã é que paga sei que se me afastar dele terei de sair dessa casa e depois não há volta a dar pois nós não temos rendimentos para suportar todas as despesas duma casa não sei o que fazer saí duma casa melhor para lhe tirar dum quarto horrível sem janela, o que eu sofria quando ia lá vê-lo fiquei noites sem dormir pesquisando na net casas para alugar pq o meu pai já tinha dito que ajudava depois veio morar connosco e por vezes sou tratada como lixo, eu sei que não deve ser fácil ter essa doença tenho feito tudo o que posso para ajudar mas ser chamada disso e de porca, bruxa mesmo ainda tendo consideração por ele eu tenho coração e ele me magoa muito me faltando assim ao respeito e vai para ali e vai para aqui sei que se não for eu quase ninguém ou mesmo ninguém o ajuda e é isso que me preocupa mas tb queria um homem que me respeitasse e me valorizasse como mulher ele faz o que faz depois pede desculpa e pensa que chega e já passou e não é bem assim, o amor assim tb vai diminuindo

  12. Anônimo says:

    Eu estou casada a 6 meses, somos muitos jovens. No namoro ele parceria uma pessoa diferente, mais desde da primeira briga de casados ele ficou desequilibrado. A primeira vez que ele me agrediu eu perdoei porque achei que ele iria mudar até me culpei, mais esses dias estávamos descutindo ele simplesmente tentou dar um chute com suas pernas em meu queixo quando estávamos sentados, não satisfeito me empurrou da cama, eu cai e fiquei dias com dores. Mais infelizmente não posso terminar com ele sou sozinha e dependo financeiramente, hoje acontecei denovo eu nunca posso falar nada que sou humilhada, ele entra gritando me ameaça com um soco sempre volta e da isso me deixa apavorada, ele me acertou no joelho e estou sentindo dor, meu corpo está roxo! Às vezes penso em tirar minha vida.

    • Tati says:

      Nossa, meu Deus gente! Alguem ajude essa mulher! De onde voce é?

    • karye says:

      moça vc nao tem mãe nao ? nao tem nenhum parente? é impossivel aceitar viver assim, mesmo q vc seja sozinha , peça ajuda no q saiba a um desconhecido, dps procure um trabalho, ore, peça a Deus ajuda, fuja de casa se for o jeito +nao aceite isso nao, ou sera infeliz pra sempre,. outra coisa nunca pense em tirar sua vida pois é muito valiosa! se quiser uma amiga , mantenha contato comigo se possivel me chame no zap, (75999651892) para conversarmos melhor) abraço!

  13. Lari says:

    Namoro ha 8 meses, a gente discutiu varias vezes, mas da ultima vez eu agredi mto ele, mto tapa na cara, chute , quebrei o celular dele, joguei o celular na cara dele , o peguei pelo pescoço e continuei a bater, e ele sempre com calma e dizendo que nao tinha feito nada, e eu com crise de ciumes, estava totalmente possuida , por fim qnd ele nao aguentava mais, levantou da cama, que eu tinha jogado ele e bati, e me deu uma cabeçada no nariz, isso foi na frente da minha mae, saiu mto sangue, fomos ao medico e meu nariz tava quebrado, moral da favola, eu decidi perdoar pq eu comecei com agressao, e nao foi a primeira vez que bati nele, e ele nunca me encostou a mao. Essa foi a primeira vez, e ele chorou mto , pediu perdao. Eu vi como eu errei, e como ele teve paciencia de me aturar, mas depois , como qlq outra pessoa, perdeu a cabeça, mas agora minha mae quer fazer denuncia contra ele, eu disse pra nao fazer, pq eu tb o agredi…e se ela fizer nossa relaçao nao sera a msm…nao sei oq fazer

  14. Bruna says:

    Bom vou resumir tenho 6 anos de casada e temos um filho de 3 anos , no meio desse 6 anos a gente ja separou e voltou mais nunca e a mesma coisa….Porem no meio dessa separaçao coloquei ele para pagar pensao alimenticia porem a gente voltou mais nao cancelei a pensao … pq o dinheiro qe cai td nes eu compro as coisas para casa e pago alguma divida mais pra ele eu uso o dinheiro dele comigo mais e mentira pois gasto em casa e com meu filho…. Bom dai endiante e discurssoes toda vez por causa disso.. e eu falo coisas qe machuca ele e ele tbm fala qe ate acaba comigo as palavras de mulher baixa porem to meio infeliz no casamento ele nao liga muito pra gente melhorar o nosso relacionamento ele sempre vai no ex cunhado jogar o bendito video game e nao tem hora pra chegar em casa ja quando chamo ele para ir em algum lugar comigo ele nao vai se eu chamo ele para ir comigo na igrejja ou procura ajuda pra gente ele nao aceita mais quando o ex cunhado chama ele ele ta sempre disponivel isso foi me enchendo ate qe numa sexta ante do natal a gente brigou feio pq como eu ja sentia mau e sozinha começei a falar e falar ate qe ele nao aguentou e eu a meaçei ele dizendo qe se ele nao sair da casa vou ligar para policia tirar ele a força e eu disse assim se eu tive coragem de por vc na pensao eu te coloco preso tbm …. antes de eu ameacar dizendo isso eu tinha falado qe a gente nao se respeita e melhor cada um ir para um lado e qe era pra ele sumir da minha vida pois estava infeliz ao lado dele foi ai qe ele começou a me ofender de mulher baixa de tudo qe era nome ai foi quando eu ameaçei e deboxei dele.. ai ele levantou furioso para me pegar e eu sair correndo pra rua e corri ate a casa de meus pais ele veio atras todo furioso e quando eu entrei ele entrou atras e me pegou pelo pescoço com força e bateu a minha cabeça no armario de cozinha da minha mae.. e meu pai levantou furioso bateu boca com ele ameaçou ele qe ia chamar a policia ele tava transtornado e falou chama qe eu espero ai ele se a calmou e sai da casa de meus pais e foi trabalhar no dia seguinte ele veio pedir perdao para meus pais…Mais eu to evitando de ver ele pois nao quero mais fica no casamento desse tipo….(ele veio de familia onde o pai bate e humilha a mae dele na frente de qem seja) eu gosto dele mais nao viver assim seu qe errei pois enfrentei ele.. mais nao justifica dele perde a cabeca e me bater OBS: ELE NAO TEM VICIO NENHUM SO EM JOGAR VIDEO GAME NARUTO)

  15. Não vou me identificar says:

    Boa noite
    Eu morei com meu ex namorado a 1 ano e pouco uma vez estávamos na cama após uma relação íntima e ele foi no banheiro quando voltou eu estava com meu telefone que bipou de um grupo era um amigo da minha chefe dando boa noite e eu dei Tb ele voltou do banheiro e me perguntou tu está me traindo com esse cara? E apertou meu pescoço.
    Deixei passar não dei bola.
    Outra vez brigamos pq eu queria que ele esperasse minha folga para que fossemos juntos pra praia que estava a família dele aí de briga e briga ele decidiu que ia e eu mandei mensagem pra uma amiga dizendo que não ia fazer nada na semana ela me convidou pra ir pra casa dela e se eu não quisesse dormir lá ela pediria para os amigos me trazerem pq tem carro mas sem nenhuma maldade ele ouviu o áudio me arrancou o celular me dei um tapa no braço quando eu quiz pegar meu telefone e apertou meu pescoço Tb eu fui baixa pq joguei relógio dele na parede quebrei um controle fiquei atucanada e como ódio até me arrastou pelo ap me mandou embora não fui disse que perdoaria ficamos depois mais briga eu desconfiava dele ele de mim uma vez estávamos no sofá numa intimidade e eu estava com um pouco de dor lá na região íntima ele me perguntou pq ? E eu disse o que tu faz quando não estamos juntos ele disse depende quando penso em ti bato uma quando não penso vejo tuas fotos ali se levantou enputcido pq eu estava com dor lá e eu perguntando como assim depende? Tu me responde e fica brabo? Mandou eu calar a boca falou coisas que insinuavam eu ser vagabunda eu dei um tapa na cara dele me deu outro. Quase nós matanos e ele disse “hj tu vai pra banha” foi horrível continuamos juntos mas eu já não aguentava mais isso me magoava e nunca conseguia seguir bem.e vinha embora nestas vindas voltava pra casa dele e aí foi mais briga até um dia ele fala uma coisa que não me recordo pois bebemos e eu o provoquei falei de um cara pois ele começou a me ofender ele me apertou pescoço brigamos me deu um soco na cabeça pq falei do cara , acabei sendo jogada na faixa e de raiva quebrei o vidro do carro o que resultou ele me jogar no chão várias vezes.
    Uma vez deitados eu chorava alto dizendo que não aguentava mais as brigas me pegou forte na cama subiu por cima de mim e disse que eu não faria mais escândalo surtei pois bati minha cabeça joguei o iPad dele nele nem preciso dizer que acabei sendo asfixiada pela mão dele. Hoje me dá entender que quer e eu não quero
    Mas além das desconfianças tenho mágoa e medo. Mas sei que é uma pessoa boa e me sinto culpada por tudo. Terminei mas sofro por ele demais.
    Não sei o que fazer se perdoo ou nunca devo perdoar alguém me ajuda por favor.

    • Suane says:

      Acho que vc deveria ter uma conversa séria com ele, e dizer a ele que essa é a ultima chance que vc está dando para os dois, em um relacionamento JAMAIS deve haver agressões fisicamente, nem da parte da mulher e muito menos da parte de um homem, mas também vale lembrar que se vc provoca, vc automaticamente está pedindo pra ser agredida, tem homem q sabe se controlar mas eles n são de ferro eles se estressam também e perdem o controle! mas se caso vc ja tentou conversar com ele e nada mudou, eu surgiro que vc o perdoe sim mas n volte para ele, tome um chá de amor proprio amiga, e vá arrumar alguem q te mereça, pq tenho certeza q seus pais n te criaram com tanto amor p vc crescer e virar saco de pancada de homem!

  16. Fernanda says:

    Oi boa noite , tenho 22 anos ,Estamos juntos a um ano e estamos morando junto a 5 meses e na quarta feira ele me agrediu sem motivos , apenas por que falei q ia em caxias com a minha mãe , ela nao gostou falando q aviso as coisas em cima da hora q nao peço permissão e começei a questionalo e a falar alto e ele veio e me enforcou e começou a me chutar e a me empurrar, fiquei com marcas no pescoço e o olho roxo e ele ja me enforcou e me chutou uma outra vez, ele falou q está arrependido q esta se sentindo culpado q me ama q largou tudo pra ficar comigo , falou que a culpra era minha q minha mae tinha devolvido meu carro q agora eu ia ter minha vida de patricinha de volta que eu que estraguei tudo aceitando o carro de volta q minha mae fez macumba , fiquei sem falar com a minha um tempo pq ela nao gostava dele e nao aceitava ele , tem um mes q voltei a falar com a minha mae e parece q ela nao gosta que eu va em casa de parentes q eu saia pra ir ver minha avó todo dia , que eu fale com minhas amigas , ele nao gosta de sair entre meus amigos , passamos muita coisas juntos e momentos felizes e nao sei o que fazer!!!

    • Suane says:

      Olha, acho que por mais q ele seja seu companheiro, seu marido, ele não TE MANDA, vc deve sim satisfações a ele, porem ele n pode te proibir de sair com suas amigas, sua mãe e seus familiares, por mais q vcs estejam juntos, ele tem a vida dele e vc tem a sua! e n acredite nesse negocio de que ele vai mudar não amiga, pq isso é tudo mentira deles, e aprenda uma coisa, ninguém muda ninguém, então se ele te agrediu e não foi a primeira vez pode ter certeza que também não será a ultima!!! e outra, se sua mãe n gosta dele, minha amiga, acho melhor vc pensar bem antes de seguir a vida com esse cara, pq intuição de mãe NUNCA ERRA! beijos

  17. Ana says:

    Iria fazer um ano de casados ele me bateu estou delacerada meu coração doi demais, sai de casa ele quer que eu volte, mas não quero essa vida pra mim mesmo gostsndo tanto dele sei que nao vao dar certo.

  18. Thay says:

    Vai fazer 4 anos q sou casada namorei 9 meses e depois juntei. Sempre imaginei minha vida como filmes românticos com finais felizes. Mas com o tempo percebi q não era nada disso, minha sogra sempre viveu a nossa sombra sempre influenciou ele de uma forma q até hoje eu nunca vou entender. Ela dizia para ele “HOMEM NÃO APANHA DE MULHER” . Até q um dia a gente brigou e ele começou a me bater e eu também. E a gente vivia uns 20 dias bem e depois porrada de novo e nisso chegava a família toda pra me humilhar e ele não fazia nada , na verdade se juntava com eles pra me humilhar. E eu juntava as minhas coisas e saía da casa dele igual uma cachorra. A gente mora em cima da casa dos pais dele. E até hoje eu vivo essa situação pq eu amo ele e vivo acreditando q essa agressão um dia vai acabar. O pai dele batia na Mãe dele também. Hoje em dia eu não bato nele mais pq ele me deu um soco no olho e eu percebi q ele iria me machucar mais ainda pq ele tem mais força do q eu. Mais se eu humilhar ele com palavras ele vem pra cima de mim e me bate , me soca a porrada e o pior q eu não falo isso com os outros pq eu sinto vergonha e a minha família não falava com ele , agora eles falam e eu não posso contar essas coisas pq eu sei q não vão perdoa ele. E eu fico esperando paz .

    • Paulinha says:

      Thay pelo amor de Deus não faça isso com a sua vida, busque ajuda onde você é amada de verdade a SUA família, você não é digna de nenhuma dor, nenhum sofrimento, você NÃO merece isso, você merece o melhor que a vida tem para te oferecer, você ama ele? sim , ele te ama? NÃO o amor não machuca, não estou dizendo q vai ser fácil, porque NÃO vai, mas muita força para você, melhor você chorando de amor, do que sua família de saudade

    • Simone Cristina Ribeiro de Paula says:

      Thay, boa tarde.

      minha história se parece muito com a sua, com uma diferença, eu dei um basta nisso, comecei a namorar com meu ex marido e tudo parecia perfeito, parecia um conto de fadas, até que no dia que resolvemos morar juntos, parecia que tudo estava perfeito e seria melhor ainda, fomos morar na praia, minha menstruação estava atrasada e na nossa primeira noite no apto novo, brigamos porque os parentes dele chegaram em casa e ele me largou sózinha na padaria onde estávamos comendo, daí ele começou a me agredir, esfregar dinheiro na minha cara até sangrar, então tentei pegar minhas coisas e ir embora, mas ele não deixou e me machucou mais, depois ele simplesmente quis ir para cama comigo, tive medo, voltamos para São Paulo e eu então deixei uma carta para ele terminando tudo e dias depois descobri que estava grávida, fui agredida grávida, acabamos fazendo as pazes por causa da gravidez, estávamos muito felizes, mas nada que é bom dura para sempre, dias depois perdi o bebê, ficamos arrasados, mas ele foi muito parceiro nessa hora e achei que conseguiríamos recomeçar, até que no ano novo voltou a acontecer, menos de um mês depois, levei um tapa na cara, na frente de todos por estar trabalhando, peguei minhas coisas e novamente voltei para casa da minha mãe, local que nunca deveria ter saído, ele me pocurou prometendo se tratar, o que nunca aconteceu…e assim fui vivendo sendo humilhada, ouvindo o quanto eu era feia, vendo ele atrás de outras mulheres, sempre as tratando muito bem, me sentia um lixo, nos separávamos e sempre voltávamos, pois ele prometia mundos e fundos e eu acreditava, até que um dia entrei em uma depressão das bravas e cansada de ser tratada feito um lixo pedi a separação, ele aceitou, mas chegou em casa as 7 da manhã do outro dia, o que para mim foi a gota dáqua, apanhei muito nesse dia, pois o coloquei para fora, ouvi o quanto eu era feia e o quanto não era mulher para ele e que ele colocaria os dedos em mim sempre que quisesse, porque eu era troxa e não aguentava, ele pisava em mim, na minha barriga, dizendo que eu falaria que estava grávida, e se trancou no quarto, dessa vez eu liguei para polícia, e o colocamos para fora, sei que também o magooei e me arrependo das minhas palavras, mas não me arrependo de ter acabado com o inferno que ele fez da minha vida, já se passaram duas semanas e ele já esfregou outra na minha cara e cada vez mais tenho certeza que tomei a decisão certa, ainda o amo, mas me amo muito mais e vou superar tudo isso, pois nunca imaginei na minha vida passar por tudo o que passei.
      Então Thay, eu te digo é difícil sim, mas você consegue, mulher nenhuma nasceu para ser humilhada desta maneira…tenho fé que vou conseguir e hoje escuto o quanto sou linda, inteligente…etc…

      • Sara says:

        É incrível como a sua história e Parecida com a minha a diferença e que eu ainda não chamei a polícia e eu não sei ainda o estado do meu bebê. Eu não aguento mais essa vida ele são me deixa em casa sozinha sem mas pra comer , ontem eu fui agredida pro colher de plástico e chinelo e cinto ele me bate com uma raiva que eu não sei de onde vem. Estou toda roxa e hj mesmo vou terminar com ele estou só esperando ele chegar. Não sei como vou falar para minha família mas eu não quero isso pra minha vida . Principalmente da criança que eu sei que se eu tiver essa criança ele vai infernizar mas a minha vida … mas eu sei que a criança não tem culpa nenhuma.😔😔😭 pfv me ajudem!

    • Anonima says:

      Sou casada há pouco mais de dois anos e temos duas filhas, a mais nova tem dois meses. Uma semana atrás ele saiu pra assistir a um jogo de futebol às duas da tarde e foi aparecer às duas e meia da manhã. Celular desligado e mentiu, pois não estava no lugar onde disse estar e quando pedi pra ver o celular dele, se alterou e disse que não iria me mostrar e mandou eu ir dormir que eu era uma besta, daí xinguei a mãe dele e ele me chamava de vagabunda, de puta, vadia, que eu o havia traído (sendo que isso não aconteceu). Em determinado momento ele se levantou e falou pra eu chamar a mãe dele de puta e eu falei: Filho de uma puta! E ele me empurrava com o corpo e dizia que eu era uma piranha e que iria contar para minha filha e em determinado momento eu perdi a cabeça e bati no peito dele. Foi quando ele bateu com as duas mãos no meu rosto, de forma que minhas orelhas ficaram vermelhas, me empurrando contra a parede. Eu disse que iria embora e ele falou que iria, mas não foi e falou se eu chamava a mãe dele de puta e eu disse: filho da puta! Ele ficou com o rosto colado no meu, me empurrando e gritava: você é uma puuuuuuta (e no puuuu ele cuspia no meu rosto), uma piranha, uma vadia que me traiu! Fez isso por várias vezes. Meu rosto ia pra trás quando ele gritava. Peguei o celular e comecei a filmar. Nessa hora ele não cuspiu no meu rosto, mas me chamou de piranha, de vadia que o havia traído e lambeu o meu rosto com falsidade e disse: gostosa! Em seguida ele me deu um beijo de falsidade e depois disse: você gostou, né? Gostou! Sabe por que? Porque você é uma vadia! Ele só foi embora quando eu disse que iria chamar minha irmã para vir buscar eu e minhas filhas. Mas quando o dia amanheceu ele estava deitado no sofá. Pediu perdão e disse que estava todo errado, mas eu sabia que era mentira o pedido de perdão, daí xinguei a mãe dele de novo e dessa vez nem foi preciso bater nele para ele apertar meu pescoço e meu braço. Primeiro ele disse que não havia me batido e sim se defendido. Depois disse que havia me apertado. Eu registrei boletim de ocorrência. Pedi direcionamento de Deus e consegui ver as coisas com a riqueza de detalhes que há aqui e pude perceber que eu não era culpada e sim uma vítima. Ele pede pra voltar e a vida não está fácil, pois minhas filhas são muito pequenas. Um dia desses ele tentou me beijar e senti um nojo de quando ele cuspia na minha cara e da lambida que ele deu. Eu estou na dúvida de voltar pra ele por causa das minhas filhas, mas confesso que se não fosse por elas não voltaria. Eu tenho minha independência financeira, mas não é fácil.

      • Simone says:

        Bom dia.

        Acho que não deve voltar somente por suas filhas, pois isso pode prejudica-las ao invés de ajuda-las. Imagina elas presenciando este tipo de cena, brigas e assim vai…se quer pensar nelas…cuida delas, longe deste tipo de situação, como disse elas são pequenas demais para isso tudo!

      • Anonima says:

        Eu voltei com ele. Estamos juntos há duas semanas, mas a confiança está abalada. Até agora ele está carinhoso e não tem demonstrado raiva. Ele fala que está arrependido e que dessa vez vai ser tudo diferente. Eu estou me consultando com uma psicóloga pra ver se paro de jogar tudo que aconteceu na cara dele e de ficar caçando briga, pois penso o tempo todo que ele me trai, já cheguei até a seguir ele. Conforme o tempo for passando vou contando pra vocês. Eu passei um mês separada e contei para minha família e amigos o que aconteceu e só o tempo vai dizer se fiz certo em dar uma chance a ele. Orem e peçam direcionamento de Deus. Que Deus esteja conosco.

    • douglas says:

      Thay, meu nome é Douglas, tenho 25 anos e tenho uma pequena experiência por conta de alguns casos isolados de pessoas próximas… Eu lamento muito em lhe dizer, mas o que está acontecendo com você passou de ser doentio, ele vai te bater para sempre!!! Eu entendo que são várias coisas que devem ser ponderadas antes de se desvincular do seu esposo, mas em pleno século XXI fica difícil de acreditar que isso aconteça. Eu mesmo fui agredido pela minha noiva sem ter feito nada…ela simplesmente saiu de si e virou um monstro irreconhecível… isso aconteceu antes de ontem e hoje estou aqui verificando se há possibilidade de perdoá-la, contudo vejo que é quase impossível, vez que as agressões sempre voltam. De qualquer forma desejo que você seja feliz e consiga se livrar desse mal que a consome e aconselho que você compartilhe a sua história com alguma pessoa de confiança, pois pode ter certeza que um dia você vai precisar e muito!!!!

  19. RR says:

    A 27 de Junho deste ano, o meu namorado me bateu; já no começo desse dia ele estava mal humorado, totalmente arrogante e bruto.
    Eu estava no meu local de estágio e na hora do almoço fui ter com ele, qnd ele chegou continuavam bruto…Eu acabei de almoçar e ele disse para eu ir atrás dele e eu fui, estávamos no metro e eu já estava cheia daquela atitude e ia seguir o meu caminho, porém ele disse para eu sair com ele também.
    O clima entra nós estava tenso e eu nem imaginava o que estava prestes a acontecer.
    Chegamos à casa do amigo dele e fomos para o quarto…esse quarto ficava longe do quarto do amigo, portanto não se ouvia nada; começamos a falar e ele estava arrogante como antes e eu também fiquei e acabei para lhe responder com ironia a uma das suas perguntas, o que despoletou a sua violência…
    E de um estalo surgiram outros tantos, passou para os pontapés nas pernas e insultos, socos nas costelas e barriga e apertões no pescoço; durante estes momentos eu respondia-lhe, chamava-lhe nomes pois não conseguia estar calada, mas conseguia controlar o que lhe dizia.
    Em diversos momentos eu tentei fugir do quarto mas agarrava-me sempre…ou me puxava os cabelos ou se punha à minha frente e me agarrava o pescoço. Eu só pedia a Deus para não me acontecer nada de mal e pedia ao meu namorado para me deixar ir embora para ir ter com os meus pais mas ele não parou.
    A certa altura, agarrei a minha carteira e desatei a correr, ele tentou agarrar o meu braço e eu me soltei, mas na segunda vez que ele me agarra, ele me consegue apanhar e começar a dizer para eu ficar calada e não fazer filmes, afinal de contas o amigo não podia ouvir o que estava a acontecer.
    Eu chorava e mais um estalo na minha cara e eu só lhe dizia para parar…Ele mandava-me calar e ainda me batia mais…eu tentava ir para a porta de saída mas não conseguia, eu gritei e levei um chuto no meu pulso e esse mesmo pulso foi agarrado com tal força que por três semanas mal o conseguia mover…O amigo apareceu e puxou-o para o quarto e eu fugi a sete pés.
    Se o amigo não tivesse aparecido, eu não sei o que me tinha acontecido mais.
    Recentemente, a 14 de Outubro ele reencontrou-me e pediu-me desculpa por tudo, disse que estava de cabeça quente, que não ia voltar a acontecer, entre outras coisas…A 26 do mesmo mês, eu voltei para ele mas não sei se estou a fazer bem pq ainda tenho medo dele e tenho a sensação que ele me vai voltar a fazer o mesmo pois ele ainda está cm o mesmo discurso…

  20. tathyany says:

    Ja passei por td isso de aagreção fisica verbal, e ate mesmo uma tentativa de traição por parte dele descobri que eles tava se conhecendo e ate hj ele jura que nao teve ato nenhum consumado,mas eu nao acredito em nada ,perdoe ele de tudo ate hj continuo perdoando temos uma filha de 1 e 3 meses, agora ele faz coisas piores alem de ofenças verbais ,pega a bb no colo e a faca na mão e vem pra cima de mim na frente da nossa filha tenho medo de me separar dele ,gente peço ajuda de vc !mas sei que so eu quem posso fazer alguma coisa essa da faca pra mim foi a gota dagua, so sei que se eu sentia alguma coisa por ele acabou ali mesmo me ajudem minha filha e muito agarrada com ele,mas nao posso deixar que isso daqui a pouco vire uma trajedia ,isso ja ta praticamente anunciada ,ele diz que eu posso ir embora mas a nossa filha nao levo ,ja fiz varios b.o e ate agora nada foi feito,eu nao sei o k fazer sei que ele nunca vai parar de me agredir com agressoes fisicas e verbais me ajudem por favor????
    so lembrando que faz 11 anos que somos casados em uniao estavel

  21. Prefiro não me identificar says:

    Namorei com um rapaz por 5 meses no início não queria porém tive pena dele e resolvi dar uma chance.Desde o início do namoro já brigávamos muuuito ele falava coisas horriveis comigo e logo depois já agia como se nada tivesçe acontescido.Além disso me humilhava muito sempre agia como se eu fosse uma pessoa doida e sem valor nenhum,e o pior ele sempre pedia descupa e perdão mais no outro dia repetia tudo dinovo e por isso eu percebi que ele nunca ia mudar.O poblema é que eu nunca tive namorado antes e era muito ingênua por isso fiquei disisperada pq as pessoas nunca me ajudavam diziam q eu que tinha que decidi o q queria e isso me apavorava ainda mais…ele manipulava minha maê e ela defendia ele em tudo e eu não concordava nós duas passou a brigar por causa disso pra ela eu era sempre a errada da história.Então comesçei a pençar oq ia fazer da minha vida passei os piores meses tentando saber oq fazer e finalmente descidi termina tudo até pq meu pai tambem foi violento com minha maê e agredia ela na minha frente e eu num queria isso pra minha vida,no dia q eu terminei com ele ele pegou meu celular foi nas minhas mensagens e tinha uma mensagem de um colega meu me desejando feliz aniversário desde esse dia ele colocou na cabesça que eu tinha o traido(mais isso nunca acontesçeu eu sempre fui fiel)desde esse dia ficou tudo acabado e foi a parti daí q ele n dava mais paz minha maê chamava ele pra almoçar na minha casa e eu odiava a idéia tinha medo dele.mais um ano depois esse pesadelo acabou eu conhesci um novo namorado maravilhozo por sinal rs e estou muito feliz com ele…já meu ex arrumou outra e vai casar com ela eu tenho pena dela mais talvez ele a trate melhor do que me tratou.(e fica a dica mulherada se valorize pq vcs são muito importante nào seja capaxo de homem não vcs tem valor e muito valor).

  22. giovana says:

    Preciso desabafar estou namorando a 1 ano , ontem após uma discussão meu namorado me puxou pelo cabelo duas vezes, me jogou contra a parede e me segurou forte pelos braços, o motivo da discussão foi eu q iniciei pois fiquei com ciumes de uma colega de trabalho e disse que iria postar no face para todos saberem , mas eu nao fiz isso, mas disse q tinha feito, então ele comecou a gritar comigo para que eu apagasse, me pegou pelos braços, cabelo, para me por na frente do computador ,quando eu disse que ele tinha me agredido que eu daria parte dele, me ofendeu verbalmente ,ele disse que me mataria me cortaria em pedaços, após eu falar q nao havia feito post nenhum, ele se desculpou ,chorou, pediu perdão, mas estou muito machucada por dentro, meu couro cabeludo doi tambem, meus bracos estão doloridos, eu estou envergonhada de não ter terminado. Essa foi a primeira vez que ele se descontrolou dessa maneira, mas teve outras vezes que ele quebrou um prato num acesso de raiva, ou comecou a gritar comigo em publico, qualquer coisinha ele levanta a voz, nosso relacionamento é bom, ele é carinhoso, me ajuda, se preocupa, eu me senti um lixo depois disso. realmente não sei oque fazer.

    • Paulinha says:

      Giovana você tem noção q está num relacionamento abusivo né? você só vai conseguir sair se você mesma quiser, é muito difícil, saber que vamos perder alguém, que o q era rótina vai virar apenas lembranças, mas você merece a felicidade, e não é isto q você está tendo, eu estou passando por uma situação parecida, se quiser cnv pode me chamar, se cuida

    • Anonima says:

      Giovana, pense se o sentimento que você tem por ele é realmente grande, pois ele já ameaçou matá-la e cortar os pedaços. Pense na sua família, conte a eles e registre um boletim de ocorrência para que uma situação como essa não passe em branco. Procure uma delegacia e peça orientação sobre o que fazer e as opções que você tem. Que Deus a abençoe.

      • Laiana says:

        Giovana, você quer conversar comigo pelo zap ?
        Acabei de sair de uma relação assim, faz um mes. As agressões começaram verbais e depois, físicas. Meu ex era tão possessivo que chegou a quebrar o meu celular e o dele, além de me jogar no chão, puxar meu cabelo e segurar meu rosto de forma muito violenta. Ele gritava comigo na frente de todo mundo e não me deixava sair sozinha. Quando fui terminar com ele, ele me agrediu, quebrou meu celular e me trancou na casa dele. Enfim, terminamos o namoro pq ele viu que a situação estava seria demais. Eu sofri muito e ainda estou, mas com o tempo o sofrimento nem e pela ausência da pessoa, mas sim pq vc começa a perceber tudo que os outros falavam… e acredite: isso não é amor, é doença!! Saia disso, não vai ser fácil, mas não e impossível. Com o tempo vc verá q ninguém merece passar por isso ..

  23. Anônimo says:

    Olá boa noite
    Tenho 20 anos e tenho 2 filhas era casada a cerca de 4 anos e estou com ele 6 anos tem 1 mês e 11 dias que estou separada do meu marido pois ele chegou de uma festa tarde e entrou em casa mt bêbado eu não falei nada fui mexer no celular dele achei uma conversa dele dizendo que já estava na festa sendo que o horário da mensagem era no horário que ele estava no trabalho então ele tinha saído mais cedo para ir para farra ,sendo que eu uma semana antes tinha pedido pra ele chegar mais cedo pra mim ir ao médico o é ele nao podia ,na hora que vi a mensagem fiquei mt nervosa pois pensei que para farra podia e me ajudar não ,na mesma hora foi falar com ele ,ele não me deu bola e eue continuei falando sendo que ele tinha vomitado todo o nosso quarto e mandei ele sair ele disse que não vou sair , insisti ele veio para cima de mim e torceu meu braço ,minha mãe veio para me ajudar e ele foi para cima dela e mandou um soco sendo q não pegou depois disso chamei a polícia ele sai antes da polícia chegar e foi pra mãe dele ,não dei parte para não prejudicar ele é minha filhas
    Des de então ele vem me procurando e pedindo perdão para mim e minha mãe não sei oq fazer infelizmente amo ele é minhas filhas são agarrada com ele minha mais nova tem apenas 5 meses ele chora e jura perdão não sei oq fazer estou perdida

  24. Raqueline says:

    Estou vai fazer 1 ano com meu namorado.
    Hoje tivemos uma briga e ele me deu um tapa no rosto, um soco no ombro e me estrangulou, não pediu desculpas. E isso já aconteceu varias vezes.
    Ele mesmo diz que ele não vai parar eu que tô acreditando por nós dois.
    Eu amo ele. E Tô sofrendo muito. 🙁

    • João says:

      Faça isso não, vc só tem a perder!

    • Eduarda says:

      Florzinha, vc não sente medo suficiente ainda, talvez porque as covardias não subiram de nível. Sempre me diziam e eu não acreditava. Passei por isso. Por um tempo eu perdoava Pq amava é porque não sentia MEDO de verdade.
      Todos me diziam que um homem que da um soco pode vir a matar e eu não acreditava…. Mas isso é verdade- lhe digo de coração que se você não pode deixá-lo Pq se sente amando demais… Evite brigas- as brigas sobem de nível e podem ser fatais. Não posso comentar o que vivenciei exatamente mas Deus me salvou por pouco.

    • Anonima says:

      Cai fora, Raqueline. Ele vai acabar te matando. Pede pra Deus te dar forças, vai a uma delegacia e denuncia ele, peça orientação.

  25. ANonima says:

    Ola!
    Boa Noite!
    estou muito triste pq nada do genero tinha acontecido antes. Meus esposo fez um happy com os amigos do trab e bebeu mais do que deveria. Detalhe ele não costuma sair.
    Estava em casa com minha filha de 2 anos espernado ele chegar quando ele chegou, não falei nada nem falei com ele pegueo minha filha e fui dormir e fechei a porta do meu quarto.
    ai ele escovou os dentens dele e veio. Ai eu disse saia da minha cama pq vc esta bebado, ele dissei não vou sair, ai eu fiquei puxando o cobertor e chamando ele de bebado fedido .
    ele levantou da cama e pegou meu braço com toda força e disse não vou sair vc esta pensando que sou seu pai para falar assim comigo e apertou minha testa contra a cama e eu dizendo larga o meu braço. Ai ele foi um pouco para tras eu consegui dar um chute e me soltar e apertei a cabeça dele e diss que isso não ia ficar assim, que eu ia chamar a policia, mas como eu moro em apartamento e isso era de madrugada não quis fazer alarde.Chorei muito e desacreditei no que estava acontecendo, ele sinplismente pegou virou e dormiu e disse pode chamar a policia.( ele é policia municipal, não onde agente mora)
    AI eu fui dormir no quanrto da minha filhinha com ela, de manhã arrumei ela e me arrumei e ele disse ai estou muito mal me perdoa ai eu disse vc é um agressor. Ele disse me leva para minha mãe (ele esta com o pé fraturado)estou me sentindo muito mal. Ai eu não resnpondi e fui fazer minhas coisas com minha filha durante o dia. Ele ficou me ligando mandando texto dizendo que me amava e que queria permanecer com a nossa familia bla bla bla
    não falei com ele disse que a unica lembrança que ia permanecer era o b.o que riria abrir contra ele.
    enfim…
    fiquei sem falar com ele sabado e chamei para conversar domingo, disse que tinha aberto um b.o contra ele mais não abri , pq minha mae não deixou.
    ai ele disse que tudo bem que eu poderia proceguir com o b.o mais tive a impressão que estava com receio de eu levar a diante disse que isso o prejucria ele e a renda da nossa familia e eu disse o problema é teu.
    enfim… coversamos e eu disse que nunca o perdoaria que ele teria que ir para a igreja e parar de beber e ele aceitou.
    ai hoje contei que não dei continuidade ao b.o e ele fez uma “brincadeira” dizendo cagona.
    enfim estou muito triste depois disse mandei uma mensagem dis=zendo que ele não presta e que eu me nevorgonho de permanecer ao lado dele que as lagrimas dele não significam nada para mim.

    Mas penso muito em largar tudo, tem 3 anos que estamos casado uma filha pequena de de 2,8 anos
    um ap para pagar to desempregada . Estou muito triste, meu coração esta dilacerado.o que vcs acham?

    • Anonima says:

      Registra o B.O. É importante você registrar para não passar desapercebido. Você tem a opção de registrar apenas o B.O. E se acontecer de novo, você leva o b.o para mostrar que é reincidente.

  26. Ele não vai parar por ele mesmo. Vc tem de dizer: “Eu não aceito isso”. Se ele tem problema, não é vc quem irá curá- lo, e sim um profissional capacitado. Uma terapia. Se ele aceitar, tudo bem, senão, vc terá de ser muito forte e fazer ele saber que isto não é normal numa relação de amor.

  27. A violência contra a mulher começa com um tapa, depois vem o soco, depois o pontapé, e assim gradativamente. O ser humano é assim. Se vc não tomar uma atitude, pode acabar em morte. Somos nós que escolhemos o nosso destino. Se vc corta o mal pela raiz, com certeza, estará evitando uma violência maior. Ele pensa: “Ela me ama, é só eu dizer que a amo, chorar um pouquinho, ela não vive sem mim.”

  28. renata says:

    Ontem meu marido me bateu deu um murro no meu braço doeu muito mas o que mais me doeu foi ele ter feito aquilo se faz dois anos que estamos juntos ele foi sempre carinhoso cuidadoso fiel sempre fica comigo nunca sai sozinho somos religiosos e eu fiquei assustada pediu desculpas só pq eu ofendi ele é ele me deu esse socorro no braço eu não confiei nas desculpas dele o que eu faço?

    • Eduarda says:

      Leve-o para se confessar. Se ele tem histórico amoroso, pode ter sido uma falha, mas vc precisa repreende-lo para levá-lo ao arrependimento e então lhe conceder o perdão. Ajude ele com humildade!! Com amor, mas com pés no chão!

    • Anonima says:

      Registra um boletim de ocorrência. Ele precisa ao menos ter noção da gravidade do que fez.

    • Anónimo says:

      Isto aconteceu comigo também, ele me bateu ontem e hoje novamente to arrasada, já pedi pra ele ir embora e ele disse que não vai e nem sai de mão abanando. Estou arrasada.

  29. Anonimo says:

    Meu marido começou a ficar muito nervoso por nada. Tudo o tirava do sério.Ele é agressivo com outras pessoas tb. Um dia ele pegou uma faca e correu atrás de mim, para me matar, sem motivo algum. As brigas sempre eram motivadas por coisa alguma, qualquer coisa q se sentisse contrariado.Estamos separados, mas sofro, acho q está doente e poderia se tratar.

    • Anônimo says:

      Dependendo da situação, existe tratamento. E é necessário! Normalmente o agressor, se tornou agressivo por algum motivo… Pela criação, traumas, entre diversos outros motivos. É muito fácil perguntar a um amigo, o que fazer depois de uma agressão. Certamente ele irá responder: você é linda, inteligente, não precisa disso e segue em frente… E de fato não precisa, mas acontece que: Só quem vive, sabe o que ta acontecendo. Por isso sempre ouvimos por ai: Briga de marido e mulher, não se mete a colher. É necessário entender sim, o que motivou a agressão. Porque o parceiro é agressivo e muitas vezes descontrolado e oferecer ajuda. No caso do agressor não aceitar ajuda e continuar oferecendo risco a sua vida, ai sim você não precisa de mais nenhum motivo pra não seguir em frente. Se vocês se gostarem muito, se ele se mostra realmente arrependido, se as causas da agressão não foram “de graça” por exemplo, acho válido oferecer ajuda, buscar um tratamento.

    • anonima says:

      acho que isso é drogas. porque sofri algo quase igual a isso ele nunca muda

  30. Henrique says:

    Boa noite!
    Eu e minha namorada presenciamos uma briga muita feia entre um casal de amigos meu. Minha namorada mora em outta cidade e estava passando as férias comigo.
    Era por volta das 3 horas da manhã quando os dois chegaram de uma festa e estavam discutindo verbalmente, oq nos acordou.
    Expliquei pra minha nanorada que isso acontecia seguidamente e nao ia acontecer nada demais, para minha surpresa a briga piorou e ouvi barulhos de agressao, nesse momento sai do meu quarto e vi a garota com a boca inchada e com a cabeça sangrando. Uma cena horrivel, que nunca mais esquecerei. No momente que ele me viu ele simplismente se agachou e nao fez mais nada e socorremos ela no meu quarto.
    Ela decidiu nao fazer queixa na policia e agora eles voltaram a namorar. Duas semanas depois minha namorada ja tinha ido embora e teve festa de aniversario dele, quebeu acabei indo, e essa atitude é imperdoavel para ela, ela ficou muito chocada com oq acinteceu naquele dia, achou que minha atutude foi conivente com a agressao .
    Estou pensando em me mudar da casa onde aconteceu a agressao.
    Oq vcs Acham que devo fazer?

    • Rafael Souza says:

      Deve ter sido um susto e um choque muito grande e é realmente uma exigência emocional muito grande para a sua namorada saber que pessoa que ela ama convive com um agressor. Ainda mais ela tendo presenciado a cena e por ser mulher.
      Você ter ido a festa de certa forma mostra conivência com a situação pois espera-se de alguém consciente da gravidade da situação, uma atitude crítica.
      Ir a festa duas semanas depois parece que uma situação tão séria não aconteceu.

      Acredito que sua namorada tente te dizer isso por amor.
      Acho que você se mudar é muito importante.

      É dizendo a verdade pras pessoas que a gente ajuda elas e nao agindo como se algo sério não tivesse acontecido, embora seja mais fácil.

      Espero ter ajudado

  31. cristiany says:

    Eu tenho 16 anos namoro a 1 ano
    Eu amo meu namorado sempre soube que era violento!
    Ele nunca tinha feito nada até hoje ele me estrangulou fiquei inconsciente ee me pediu desculpas mas não se mostrou nada arrependido eu to com muito medo de terminar com ele porque estudamos juntos e eu volto para casa sozinha e ele sempre ia comigo e ele sempre fala que se eu terminar epe me mata o que eu faço?

    • Felipe says:

      1) fala pros seus pais e diga a ele que seus pais já sabem e que chamará a polícia se ele encostar um dedo em você. Seja firme.

    • filippa says:

      Saia fora dessa relaçao , e avise a policia e seus pais ,esse tipo de homem nao muda a tendencia é piorar !!!nao vale a pena ficar com esse tipo de traste!!!

    • Thamyres says:

      Entre em contato com a polícia, explique o caso, e eles vão avaliar, e estariam disponibilizando pra você um botão do pânico, que se algo acontecer, é só apertar e eles rastreiam o chamado e vão na hora

  32. Giovanna says:

    Meu namorado tem sintomas de esquizofrenia por conta da depressão profunda,quando isso começou era complicado porque ele ficava bastante nervoso e perturbado e eu ajudava ele,só que nada poderia estressar ele,ele saia do sério,se algo me incomodava e eu queria falar porque tava me incodando,ele estourava,e ele não era o único porque eu também sou bem explosiva. Aconteceu que um dia eu estava na casa dele e brigamos e eu disse que iria embora,e ele falou pra que eu fosse mesmo,saí e fui para o ponto de ônibus,eu queria resolver aquilo então liguei pra ele e uma hora ele veio atrás de mim e fomos pra casa dele discutindo,uma hora ele agarrou meu braço com muita força (mais força que qualquer outra vez) e me puxando com violência,tava doendo e ardendo e quando chegamos no quarto dele eu tirei a camisa chorando e ele viu,eu estava completamente roxa,meu tronco e braços estavam super escuros e ele começou a chorar,eu fiquei super mal,a mae dele me viu chorar e eu não quis ferrar pro lado dele e disse que era uma crise de ansiedade. Depois disso ficamos bem. Nas brigas ele costumava reclamar da minha grosseria e frieza e resolvi mudar e ser mais paciente,so que ele começou a brigar com si próprio porque ele piorava uma briga boba em 1000 vezes,uma tempestade,e a gente se empurrava e eu tentava manter a calma o máximo que pudesse. Um dia aconteceu na casa da vo dele e estavamos nos empurrando,bati a cabeça na parede e ela vaio ver o que tava acontecendo e disse que não queria saber daquilo na casa dela,a briga continuou e se alongou mas disfarçamos. A mãe dele ficou sabendo e falou comigo e disse que se for isso mesmo é pra falar porque não pode ser assim e que ele vai denunciar ele se for preciso,mas eu desmenti e disse que a vo dele viu demais. Nossas brigas ficaram muito violentas,eu puxava ele pra parede,ele ficava em cima de mim enquanto eu pedia pra ficar sozinha e meu espaço não era respeitado ate eu estourar,ele vinha chorando dizendo que tava cansado daquilo. Um dia ele se ameaçou com a minha navalha e eu disse pra ele parar,quando ele largou ela eu peguei com raiva e fui sair do quarto mas ele me puxou e eu virei e a navalha fez um corte enorme na mao dele,me senti horrivel,pedi perdão porque não era a intenção e pedi pra que parecessemos com aquilo porque não estava nos fazendo bem.Mas no último final de semana nos brigamos e a coisa começou a ficar chata,mas foi um empurrao,um arranhado,estamos nós resolvendo e ai ele me contou uma coisa que ele ficou escondendo,eu havia perguntado sobre aquilo varias vezes e em todas ele negou (não foi traição,okay?) ai eu fiquei chateada,ele veio atras de mim,nos xingamos muito e quando estavamos na sala nos nós empurrados,eu acabei arrando ele e ele me virou com um soco,fiquei super assustada e minha boca sangrou horrores,eu sai cuspindo sangue e foi porque fiz um corte enorme no labio,e hoje tive que ir no médico ver isso porque ta muito machucado e to aplicando uma pomada. Ele diz que bateu o cotovelo,que ele me ameçou com o soco e parou mas acabou me acertando porque perdeu o equilíbrio e eu confio nele. Mas fiquei bem triste,tanto por termos nos agredido quanto por ele ter medo de me contar as coisas. É realmente complicado

  33. Felipe says:

    Bom dia!
    Pessoal estou namorando 1 menina ja tem quase 1 ano e meio, sou bastante tranquilo, porem no ultimo sabado brigamos feio, chinquei ela de nomes de vagabunda, de que ela nao entende as coisas e sempre acha q tem razao em tudo, gosto muito dela porem no meio da discusão ela levantou a mão e me deu 1 soco na cara, na hora me controlei bastante para revidar , porem pensei 1000x e entao peguei ela e levei embora para CASA e dai nao nos falamos mais.. ela acha q ta tudo normal, mais pra mim estou me sentindo um lixo… nao sei oque fazer.. se perdoou ou nao ela.. gosto muito dela.. mais ela ja chegou na fase de Agressão e como sou Homen, nao gosto deste tipo de situação. Ainda mais bater em mulher… ou agredir.. se alguem puder me ajudar agradeço.

    • filippa says:

      Felipe ,saia fora desse relacionamento !!!!o respeito é tudo se isso acabar nada mais vai dar certo, e violencia é um sinal nada bom em um relacionamento!!! uma hora voce pode perder a paciencia e acabar se descontrolando e agredi-la ai a coisa pode ficar pior!!!

    • Nathalia says:

      Você xinga ela de nomes horríveis e quando ela te dá um tapa você se sente horrível? Querido você chamou ela de vagabunda, acha que isso também não destruiu ela não? Agressão é agressão, tanto verbal quanto física. Os dois estão errados, se você quiser manter um relacionamento ambos têm que se controlar, com as palavras e atitudes.

  34. Não quero me expor says:

    Meu namorado sempre é uma ótima pessoa cmg,sempre faz td pra me ver,me agradar e me deixar feliz. Eu tenho muito ciume da ex namorada dele pq eles dois tem um filho,porém ele não tem muito contato c o menino q ainda tem uns 2 anos. Ele odeia quando eu demonstro ciúmes dela pq ele sempre fala que ela não significa nada pra ele é que não há nhm chance de ter algo entre os dois,ele sempre fala q se eu continuar cismando assim ele vai terminar. Hoje eu me estressei e acabei falando algo relacionado a isso,como se ele se importasse com ela e ele terminou tendo uma atitude muito agressiva e eu nunca tinha visto ele assim antes,ele começou a me dar varias cotoveladas dizendo que ja me falou pra parar de dizer isso,e que ia terminar e estava super agressivo ate mesmo na voz. Eu gosto muito dele,na verdade amo dms,estamos juntos faz 1 ano e 6 meses,ja vivemos coisas incríveis,porém não consigo tirar da cabeça q pode acontecer algo quando os dois se encontrarem,ela é muito bonita,tem um estilo super legal e foi o primeiro “amor” dele,mas ele diz que não amava ela,q era muito imaturo que so tinha 15 anos e não era tudo isso. Eu não sei se dou continuidade ao nosso relacionamento ou não,pelo fato dele ter se mostrado muito agressivo e pelo fato de eu não conseguir lidar c ele ter q falar c ela e ter contato c ela e ver ela por causa do filho. Eu não sei se termino ou não,pfvr me ajudem!!!!!!!

  35. raimara says:

    Preciso de ajuda

  36. Olavia Gislaya says:

    Na verdade isso é um assunto bastante complicado, eu já passei por isso e sei o quanto é difícil. Porém optei pelo lado do meu amor próprio, por mais que eu o amasse decidi deixá-lo e investir na minha felicidade, pq isso sim importava de verdade. E hoje vejo que ter ficado sozinha, foi a melhor escolha de toda a minha vida!

  37. amanda says:

    eu tô namorando a 8 meses, meu namorado é muito gentil, carinhoso.. maiis tbm é muito ciumento, ontem só por que eu coloquei uma foto minha do ano passado no meu facebook, ele começou a dizer que eu cuspi no prato que eu como, ai agente começou a discutir ele falou que ja sabia de tudo, que eu tinha traído ele, e começou a mi chingar, eu acabei empurrando ele e ele me deu um chute na minha perna e deu 3 empurroes nos meus peitos que eu cai na calçada da casa da minha prima, em seguida comecei a passar mal, pois tenho problemas respiratórios e ai ele veio me socorrer me pedindo perdão que ele tinha ficado descontrolado….. mais o pior de tudo é que eu nunca trai ele. eu o amo muito! agora não sei o que fazer. eu passei a noite toda com dor nos meus peitos, e estou sentindo dor ate agora. por favor, alguem me diz o que fazer

    • Amanda, o homem qdo. bate uma primeira vez, ele não pára. É que nem quando a pessoa mente e vc perdoa, vc sabe que ela vai voltar a mentir, e cada vez mais. Qdo. vemos notícias de namoradas que são mortas por namorados, foi porque justamente ela não tomou atitude no início, e deu um basta prá nunca mais acontecer, entende?

  38. Andresa says:

    Boa noite, este assunto é muito polêmico mais só sabe qual difícil é quem passa por isso. Faz uma semana que separei do meu ex devido a isto… já me agrediu uma vez e perdoeei mais por medo e por pensar em td que tínhamos, aí voltamos ficou bonzinho um tempo aí começou de novo. Não teve mais agressão, só que ficava fazendo terror psicológico comigo quase tds os dias por nada…tudo era motivo…n podia falar com ninguém, sair, e a última era que não queria que eu trabalhasse. Até que semana passada sai do serviço e ele me levou numa rua muito deserta e escura e ficou falando monte de coisas para me amedrontar….tive a ideia de pedir uma água onde saímos daquele lugar maldito e eu conseguir fugir. Depois disso me mandou monte de ameaças no meu celular… falando que me encontra até no inferno. Estou decidida a nunca mais voltar, perdoar, é bem difícil pq são situações que passamos e não escolhemos. Fico tentando entender pq a pessoa age assim é não consigo. É muito triste, estou abalada física e emocional…parece que cheguei ao fundo do poço. Como uma pessoa que diz que ama pode se transformar assim. É revoltante nem sei dizer direito o que tô sentindo

  39. Lu says:

    Sinceramente? Não pensem, saiam fora. Não se perdoa isto, nunca. Não pensem porque os vossos pensamentos vão- vos trair!

    Dependendo das pessoas e se esta estiver mais frágil ela não vai pensar bem, ela vai tentar encontrar desculpas onde não existem!
    Quando um homem parte para isso, é porque não te respeita ainda que goste de ti( para ele este tipo de relacionamento è normal).

    Isto acontece porque:

    1. Veio de um meio propício à violência;

    2. Tem problemas de inferioridade e insegurança;

    A sério, falo por experiência própria não queiram ter que lidar com este tipo de problemas.
    Deixem isso para os psicólogos, que ainda assim muitas vezes não conseguem!

  40. Fernanda says:

    Eu namoro a dois anos e meu namorado e calma e eu sempre brinco com ele de tapa ai ontem eu joguei o tel dele no chao e ele me deu um tapa e me perdiu perdao q nunca vai fazer isso, vcs acham que eu perdoo ele?

  41. gabriela says:

    olá.eu namorei por um ano e três meses ,durante esse tempo ele sempre foi mt bom cmg calmo, gentil e carinhoso,nós fizemos tantos planos de casar ter filhos era td tao lindo.mais a quatro messes eu engravidei estavamos felizes ,ate q eu começei a passar mt mal e sentir mt dor ,eu emagresir mt fiquei doente ,e perdir nosso filho,ele cuidou de min ate eu me recuperar ,mas oq aconteceu afetou nosso relacionamento ,paramos de sair so ficavamos em cs ,ai depois de alguns messes resolvemos sair fomos a uma festa bebemos estavamos felizes ate q ele começou brincar cmg eu avisei q n estava gostando dar bricadeira q ele estava passando dos limites n tever geito as atitudes dele acabaram com a festa e resolvemos ir pra minha cs no meio do caminho ele tava falando um monte de idiotices mais eu achei q chegando em casar ele ia descança e melhorar ,quando chegamos na minha casa fomos para meu quarto e ele queria conversar mais eu disse q estava mt cansada e com sono q iriamos domir e depois mais tarde conversariamos ,ai ele pirou e jogou meu celular na parede do meu quarto ,eu fiquei mt assustada e pedir pra ele ir embora da minha casa ,ai ele começou a quebrar as coisas do meu quarto ,eu fiqui totalmente assustada e com medo dele ele trancou a porta e ficou com a chave ,eu n tinha como sair dali sentei no chão no cantinho do meu quarto entre o guarda-roupa e a parede ,começei chorar e gritar pela minha mae q dormia no quarto ao lado foi desesperador ,ai ele abaixou e mandou eu parar de tremer ai ele me deu um tapa na cara ,eu n acreditei no q estava acontecendo depois disso ele disse coissas horriveis na frente da minha mae disse q eu acabei com o sonho dele de ser pai ,q tinha me batido mesmo ,q ia acabar com a vida dele e com a minha.No outro dia veio me pedir desculpas falando q n lembrava de nd q nunca mais aquilo ia acontecer pedio perdão me deu flores ,mais eu terminei td e ele ainda me pedir pra volta pra casar eu n sei oq fazer quando lembro q meu namorado era tao carinhoso tao calmo ser tornou um mostro do nd ,n sei oq fazer .

  42. Kamyla says:

    Oi , tenho 25 anos e meu ex marido tem 30. Namorei 6 anos e meio e fui casada por 2 anos e meio. Durante meu namoro ele me deu alguns tapas no rosto. Já no casamento ele começou a me bater muito socos, tapas, chutes na barriga, descobri traição, ele sempre recebia ligações e apagava os números, não gostava de sair comigo, não quis casar comigo no cartório..
    Agente morava de favor na casa da minha mãe, pois o dinheiro que pagaria um aluguel agente juntava e construía uma casa essa era a intenção, mas nada disso aconteceu.. ele não botava um caroço de arroz dentro de casa, nunca comprou uma calcinha pra mim, quem nos sustentava era meu irmão. O dinheiro do meu ex marido era só pra bebida, farras e ele trabalhava mais nunca ví um real dele.
    Foram tanto sofrimentos que dá ultima vez que ele me bateu eu me separei, ele ameaçou eu e minha família de morte tive que fazer um boletim de ocorrência no DPO. Hoje ele diz que mudou e que esta firme na igreja e quer voltar, mas eu acabei me envolvendo com outra pessoa o rapaz esta morando comigo, gosta de mim, me trata bem, me dá de tudo! Mais ainda amo meu ex oque faço???

    • filippa says:

      Ame a si primeiro ,e nao acredite nele , se voce ja esta com alguem que te RESPEITE DE VALOR!!! e nao e um traste desse que voce foi casada !! AMAME-SE!! para depois amar alguem ,um homem que bate em uma mulher é um grande covarde e esse tipinho nao muda ,nao acredite!!!!

  43. barbara says:

    tava procurando alguma mulher com dignidade e amor próprio mas nn achei ….
    sinceramente vc e uma princesa do senhor Jesus nn permita que alguem faça mal a vc nn perdoe alguem que lhe bate se amem se valorizem

  44. Gabriela says:

    Namoro tem 1 ano e meio. Nesse tempo meu namorado sempre se mostrou uma pessoa agreciva mais nunca tinha feito nada. Ultimamente ele ta muito nervoso, e me segurava pelo pescoço e eu desculpei. Quando foi hoje tivemos uma discuçao e ele começou a puxar para me leve embora e eu nãoqqueria ir e fiquei empurrando ele ate que ele tava me machucando já e eu chutei ele e dei um soco, quando ele veio e me deu vários socos na perna e na barriga. Não bateu no meu rosto, sei que errei por que não deveria ter batido nele. Mais eai o que eu faço ?

  45. Estefani says:

    Boa noite, tô aqui aos prantos pq meu namorado acabou de me dar um beslicão, pq gritei com meu cachorro e ele acordou assustada. Comecei a chorar ele começou a gritar brigando pq eu sei q ele não gosta disso, ficou com cara de bicho, e fiquei muito assustada. Ele viu q eu estava mal, pediu desculpas e virou a cara. Tô com tanta raiva e chorando e ele simplesmente dormiu. Ele não costuma ser agressivo, mas as vezes è muito estúpido. Nessas horas vem tudo na cabeça e eu não sei se perdoou ele, tô me sentindo incomodada com isso. O que devo fazer? Não consigo nem deitar lá do lado dele agora.

    • marcondes says:

      vc esta sendo muito dramática, um beliscão nem sei se é agressão, e como vc disse ele não é de fazer isso, então deixe de besteira e faça logo as pazes com ele

  46. Amanda says:

    Oi,eu namoro a 2 anos e ele sempre foi um amor comigo,ate os 4 meses,ele me traiu pela primeira vez(beijou uma garota)eu perdoei pelo fato de ter sido um beijo,ficamos mal inclusive ele,se mostrou arrependido chorava comigo toda vez q eu chorava pela dor da traiçao..
    Passaram alguns meses sempre tiveram brigas e ele sempre foi agressivo de quebrar coisas e uma das vezes tacou coisas na minha direçao,ele sempre me pedia perdão e se mostrava arrependido e quando ficavamos de boa ele sempre era bom,calmo,e sempre disposto a me fazer feliz,ate que descobri uma traição virtual(pedia fotos pra uma menina pelo facebook)
    Acabei perdoando tbm pq eu logo descobri.. e deixei passar,entre isso brigamos algumas vezes e a ultima vez brigamos e eu disse a ele pra me bater se ele fosse homem o suficiente pra isso,e ele me deu um tapa no rosto forte q deixou a marca dos dedos..
    Depois disso perdoei ele ainda,e semana passada descobri que ele havia falando com uma menina que conheceu na internet a tal menina iria ir pra cidade dele e ele queria se encontrar com ela,eu descobri tudo e perguntei a ele se ele ia me trair de novo,ele deu desculpas falando que so queria conhece-la pessoalmente
    Recentemente brigamos e eu gritei com ele falei “vai me bater de novo” e ele respondeu no mesmo tom do meu grito “se precisar eu bato”
    Queria muito terminar com ele,mas tenho medo de ele fazer algo contra mim ou minha familia,pois ele sabe meu endereço e tenho medo dele tentar algo contra nós
    Amanhã terei que ir ve-lo sem vontade e fingir que esta tudo bem(nao tenho vontade nem de transar com ele,e ele quer que eu faça sexo anal(que é uma coisa que pra mim me machuca muito,so fiz uma única vez com ele antes de tudo isso acontecer,eu ,e sentia feliz e disposta a tudo pra deixar ele feliz tbm,mas agora vou ter que fazer por obrigaçao e fingir que estou gostando),parte de mim ama sim ele,mas isso ja nao é mais o suficiente pra aguentar tantas tristezas e magoas,nao sei o que fazer
    Nao sei ate onde vou conseguir carregar tudo isso

    • Fernanda Previde says:

      Menina do céu, sai dessa!! Deus tem mais pra você, ora e pede pra ele alguma direção e sabedoria pra se livrar disso… Esse menino já deu indícios de que te agrediria ou faria algo contra você e sua família caso você terminasse com ele ou são só seus pensamentos?!
      Se quiser conversar, estou disponível, fernanda199411@hotmail.com.
      Fica com Deus, vou orar por você!!!

  47. ROSANGELA says:

    Boa Tarde

    E morava junto com meu Namorado já faz 2 anos e pouco e por varias vezes separamos e voltamos ,mais nunca brigamos de se bater um no outro.
    Eu sou muito estressada e ele calmo ,e ontem levantei possuída e ele saiu do serio ,onde me enforcou e eu revidei com um tapa na cara ,isso tudo aconteceu na frente de nossa filha de 2 anos ,se rolamos no chão ,ele me deu mais tapa na cara.
    Eu amo e sei que ele tbm ,mais nenhum da o braço a torcer e nunca mais vamos voltar.
    Não sei como vou viver com tudo isso ,tenho vontade de pedir perdão ,mais não dou o braço torcer.
    Alguém já passou por isso?E o que aconteceu?

    att Rosangela

  48. Karen says:

    Boa noite. Eu namorei 2 anos, e iríamos fazer um ano de casados em agosto. Sempre foi uma pessoa maravilhosa, éramos companheiros alegres, felizes.Apesar de casados, por opção, moro com meus pais e ele com os pais dele. Depois que nós casamos, ele se transformou . Não era mais um homem presente, mal me ligava,só falava de dinheiro e trabalho. E quando eu começava a cobrar a presença dele, me chamava de pu.., que eu era lésbica, que não iria me levar em lugares que antes frequentávamos, pois era capaz de eu traí-lo, e ir embora com outro. Todos os sábados, tínhamos discussões insuportáveis, mas era só fazer sexo, que ficava um amor a semana toda.No último sábado, estava tudo programado para irmos passar um fds fora e voltar domingo fim de tarde.Notei que ele estava bêbado, e quando chegamos na cidadezinha em questão, perguntei se ele havia renovado a CNH, para meu espanto, ele deveria ter feito isso em novembro de 2015.Fiquei em pânico. Começamos a discutir, chamei ele de irresponsável, que dinheiro para cerveja ele tinha, mas para renovar a CNH não. Daí ele começou a me xingar, ofender, até minha família ele colocou no meio da discussão.Pedi para que ele parasse o carro, ele parou e xingou minha mãe aos berros. Dei um tapa na cara dele. Ele avançou como uma cobra em mim e começou a me dar um mata leão. Comecei a espernear e gritar, ele apertando cada vez mais. Quase perdendo os sentidos, mordi com toda minha força o pulso que me sufocava, e dei com o cotovelo diversas vezes no órgão dele.Consegui me libertar, desci cambaleando para fora do carro e cai sentada na calçada. A polícia apareceu, mas nada fizeram. Ele afirma que subornou os policiais e que eu tinha dado prejuízo para ele.Tive de passar pelo medo de ter de voltar com ele. Quando cheguei em minha cidade, ele ainda fez questão de parar em um auto lanche próximo da minha casa. Quando ele deu um vacilo, desci do carro e ele foi embora. No outro dia, tc barbaridades para mim via whats, coisas que jamais pensei em ler. Não respondi. Fui á delegacia, fiz boletim de ocorrência, e exame de corpo delito. Já na segunda-feira, como não me pronunciei, me mandou mensagem de desculpas por whats. Não respondi; tenho psiquiatra marcado para amanhã, preciso cuidar da minha sanidade. Eu estou ôca por dentro, não confio mais, não acredito mais, a decepção é tão grande que eu não sei nem o que eu sinto por ele. Meu pai gosta dele, se dão bem, minha mãe não gosta dele nem da mãe dele. Meu pai quer que eu volte com ele e me atormenta por isso que vai me expulsar de casa se eu não ficar com ele, sendo que sempre fui uma boa filha. Não sei o que fazer . Gostaria que me ajudassem.

    • Carmem Carvalho says:

      Karen, eu fui casada 17 anos com um homem que me agrediu quando namorávamos, acredite não volte, o mecanismo mental de homens com esse perfil é de que ele pode te manobrar, se você voltar a cada dia ele vai te oprimir mais até que você caia doente, deprimida como eu. Ele não vai mudar pode acreditar. Todas as minhas amigas e minhas irmãs se casaram com homens bons, gentis e que as amam, não são perfeitos, mas jamais as agrediram. Você vai encontrar um homem do seu nível não se desespere. Sua mãe tem razão. Fala para o seu pai ficar com ele. Perdi minha juventude esperando que um dia ele mudasse, as últimas palavras dele antes de nos divorciarmos foi, você não se dá valor, e ele tinha razão perdoei demais, e tive uma vida infeliz. Minha vida mudou pra melhor sou muito feliz longe dele. Não vá pela cabeçados outros. Antes só do que mal acompanhada. Tem mulher que pensa antes mal acompanhada do que só, por isso as delegacias da mulher vivem cheias. Nesse minuto tem muitas mulheres casadas e muito infelizes, e muita mulher solteira feliz.

      • Alice says:

        Poxa, muito triste ver relatos tão parecidos. E comigo não foi diferente. Terminei há pouco um relacionamento de 10 anos, com idas e vindas, fui agredida algumas vezes e sempre por ciúmes. O perfil deles é o mesmo, sempre pedindo perdão, dizendo que nos amam demais e não sabem viver sem nós, e jurando que nunca mais vai acontecer, que perderam a cabeça num momento de raiva. Comigo era assim. E todas as vezes ele justificava que foi por um motivo diferente do anterior. Dizia “eu mudei, não faço mais o que eu fazia, agora foi diferente, não foi pelo mesmo motivo de antes”.
        Dessa última vez o discurso foi “mas eu mudei, já fazia 2 anos que isso não acontecia”. Como se por isso fosse perdoável, afinal , 2 anos sem ser agredida já está de bom tamanho, não é ? Temos que nos valorizar.

    • marisa says:

      Oíii ….não faça isso de voltar …pensa em vc,ele não te merece ..e pode ter certeza de que não vai mudar soh tem a cada dia ficar pior digo isso por experiência própria …eu tbmm me separei a depois voltei agora estou vivendo um inferno dentro de ksa ..antes me separei por conta de ciúmes….perdoei e voltei ..e agora e me ofende com palavras absurdas e até me agredi. …mais cansei e vou embora não quero essa vida pra mim …mulher nenhuma merece passar por isso ….somos dependentes de nós mesmas não precisamos de homens desse tipo do nosso lado ….homem não porque homem que pate em mulhe é um psicopata um louco. …bola pra frente ….se seu pai quer tanto que vc volta pede pra ele se gosta de apanhar,e que ele vá morar com seu ex…..vá pagar aluguel morar com alguma amiga …mais não volta vai ser feliz …temos que nos valorizar ..coloca nas mãos de Deus que tdoo se resolverá .

  49. Cristiane navarro says:

    estamos juntos a 2 anos
    Tem 1 mes Que ele me acredio pela primeira vez me deu diversos socos
    Pelo rosto braco enfim eu gosto muito dele mais não sei se devo aceitar
    As desculpas dele tenho muito medo de acontecer novamente não sei oque
    Fazer .

    • Anônima says:

      Não volte. Espero que você tenha feito b.o contra ele, e acione a lei Maria Da Penha. Não aceite desculpa nenhuma, não converse com ele. Evite. Amor não é sofrimento, nem agressão, e ninguém merece ser humilhado. Amor é sentimento de felicidade, não de medo, ódio e mágoa.

  50. Beatrizmeirah says:

    Eu namoro a 2 anos , moro com meu namorado , trabalho no mesmo serviço que ele estudo na mesma escola , ele que controlar tudo , ele acha que é meu dono não posso falar cm meninos ,
    Quando eu estou com raiva dele e ele quer atenção ele me puxa pelo braço forte , faz eu passar vergonha na frente de todos ele me puxa pelo braço vira meu rosto o que eu faço ?

  51. Nane says:

    Oi meninas, namoro a 6 anos tenho uma bebê c meu namorado, ele me deu mordidas e um tapa, c nossa filha no colo porque nao.quis conversar com ele, estava bêbado. A mãe estava junto e não fez nada. Ele me pediu perdão, não sei o q fazer?

    • Pati says:

      Não volte…….veja se foi a primeira vez e como foi…nao ache normal e calor do momento….homem e mulher que nao dabe domar a raiva e machuca quem deveria amar , nao merece namorar…casar…..peça orientação divina e frequente igreja

  52. Cristina says:

    Oi meninas, namoro a 6 anos tenho uma bebê c meu namorado, ele me deu mordidas e um tapa, c nossa filha no colo porque nao.quis conversar com ele, estava bêbado. A mãe estava junto e não fez nada. Ele me pediu perdão, não sei o q fazer

  53. leonardo says:

    Olá, estou junto com a minha namorada a 10 meses , mas foi um namoro de muito conflitos e um tentando se adapar ao outro e com isso acarretando diversas decepções das duas partes …sei que não sou uma pessoa correta tenho meus erros e com isso tenho em mente que preciso mudar e diversos aspectos pra manter um relacionamento duradouro e solido … Mas ela é uma pessoa que só sabe falar , não escuta a pessoa que esta do lado dela , nem as amigas ela escuta .. Oque ela pensa é sempre o certo e ninguém muda , é uma pessoa que ao ela ta certa , tem a personalidade muito forte , muito individualista num relacionamento a dois e acima de tudo muito ciumenta … Mas se ama temos que passar por cima de tudo né ? Ai nesse domingo eu e ela fomos numa festa aonde só tinha amigos e tals , estávamos muito tranquilo e felizes um com o outro , no final depois dela ter bebido um pouco a mais e eu tbm , aconteceu uma cena de ciumes da parte dela , fomos embora e dentro do carro ela começou a fala demais na minha cabeça e me acusar de coisas que eu não fiz , o ciumes dela se aflorou … Eu peguei e puchei o cabelo dela e balancei ela me unhor mas parou por ali no momento , chegando em casa ela começou a fazer um barraco e tals , peguei ela e a joguei no chão apertei o braco dela diz ela que eu a chutei não lembro por causa do calor do momento mas sim devo ter feito … Sei que foi por bobeira briga besta que se os dois não tivesse bebido não tinha acontecido … Eu amo ela , sei que quem ama não faz isso mas me exaltei sei que estou errado não vou ser ipocrito …mas estou me sentindo a pior pessoa do muuundo pq apesar de tudo ela não merecia nada disso … Com ela nunca fui uma pessoa agressiva sempre carinhoso , mas aquele dia não sei oque aconteceu CMG .. Sempre tive muita paciência com ela em tudo , seinque pra ela aparte psicológica ta doendo mais que a parte física … Me arrependo muito e sei que não sou essa pessoa , estou procurando psicologo vou pra igreja pq não sou assim …. Oque devo fazer ??????

    • Maísa says:

      Oi nada do que a mulher dizer justifica uma agressão um empurrão um puxão de cabelo ou qualquer outro tipo de violência. Quem ama não é capaz de maltratar a outra pessoa esse papel de bater de castigar fisicamente nem mesmo os pais tem o direito hoje em dia. Portanto se a ame deixe-a ir, continua vivendo sua vida se você acredita que não é assim é afirma que não é assim qual é a finalidade do psicólogo e da igreja? Você errou ela errou ambos erraram, continua fazendo suas coisas e mostrando a ela o quanto mudou e que jamais isso voltará a ocorrer agressão de sua parte se ela aceitar ótimo vão ser felizes se ela não aceitar vida que segue.

    • Maísa says:

      Mas se irá para igreja para realmente seguir uma vida cristã é válido.

  54. Anônimo says:

    Oi sempre fui muito ciumento desde o começo do namoro, eu namorei durante dois anos e sempre briguei muito com ela, sempre a xinguei muito por causa de passado, dessa ultima vez acabei empurrando ela porque havia bebido muito e deixei o ciúmes passar dos limites ! Ela é dez anos mais velha que eu e eu amo muito ela por isso acabei ficando obcecado ! Eu quero consertar as coisas mas ela não quer me perdoar mais, procurei a ajuda de psicólogos, igreja e minha familia ! Quero ser uma pessoa melhor eu sei que não sou assim ! O que faço pra reconquistar ela ? Estou muito arrependido e não quero perder ela pois ela me amou de verdade nesses dois anos e eu pisei muito na bola por ser imaturo, o que eu faço ? De coração !

    • Anônima says:

      Oi, bom eu gostaria de deixar claro que o fator idade nada tem a ver. Segundo, eu passei pela mesma situação que a de vocês recentemente. Meu marido tem as mesmas atitudes que você. Só que ele não me empurrou, se fosse só isso, menos mal. Estávamos discutindo dentro do carro (aliás, ele sempre fazia isso), e estava bêbado. Eu pedi para ele parar o carro, queria descer pois não aguentava mais os gritos dele. Ele me agarrou pelo pescoço e começou a me aplicar uma espécie de mata leão. Eu estava quase perdendo a consciência, mas consegui reagir, mordendo os pulsos dele; e consegui sair do carro. Voltei para a minha casa a pé, de madrugada. Depois,no dia seguinte, ele tc várias mensagens me xingando no whatsapp.Eu não respondi. No outro dia, veio com pedido de desculpas. Não sei mais o que eu sinto por ele, não tenho mais confiança nele e nem vontade de sequer falar por whatsapp. Agora ele fica atrás de mim, falando tudo isso,querendo voltar. Mas quando acabou o respeito, cria-se o medo. Talvez ela não queira mais, porque como você mesmo disse, ela fez tudo por você e a paga que você deu foi infelizmente, a ingratidão.

  55. Demi says:

    Estamos juntos aquase três anos, durante todo esse tempo ele sempre muito ciumento, controlador, tem ciúmes de tudo e não da certo com o meu filho que já é um adolescente e nem conversa com ele, pois ja viu o quanto ele é estúpido, um dia foi um empurrão, outro foi dois tapas e ameaças de me estrangular, outro um tapa no braço, agora uns empurrões na frente de todo mundo e longe uma surra, tapa no rosto que eu chega caía, me levou para um lugar longe, onde ninguém pudesse ouvir. Larguei ele vive atrás falando que se arrependeu e pedindo perdão.

  56. Gi says:

    Sou casada a um ano. O meu marido falou que foi sem pensar ele me deu um tapa na cara quando nós dois estávamos deitado. Nós estávamos discutindo ai eu falei “vou levar ele em casa ” isso era com um ex namorado meu que a minha irmã levou lá em casa eu sei que provoquei o meu marido mais eu acho que isso não é motivo para ele me bater. Aliais nem um motivo seja pequeno ou grade não dar o direito do homem dar em uma mulher..
    Eu só levei um tapa e estou com medo de voltar para ele eu tenho medo que ele faça pior mais ele dis se arrepende. Ele cuida de mim não me deixar faltar nada ele é uma pessoa boa mais eu não sei se confio mais por favor me der unhas dicas obg

  57. Humberto de Alencar says:

    Sou casado há 16 anos e nunca agredi minha mulher. Por vários motivos: a) tenho vergonha na cara (e ela também tem), b) sou consciente de que minha força é muito maior que a dela e caso entrássemos em luta ela poderia acabar levando a pior, c) além de respeitá-la como pessoa respeito também seus pais e penso que eles não criaram uma filha para ser saco de pancadas de ninguém, d) nós somos companheiros e não donos um do outro, etc… Conversamos muito sobre esses casos de agressão e nossas opiniões são idênticas: a mulher que levou o primeiro tapa, empurrão, seja lá o que for de forma gratuita deixe imediatamente o sujeito, pois quem hoje dá um tapa e é perdoado, amanhã pode dar um murro, depois de amanhã um chute e na semana que vem um tiro. Esse papo de que “nunca mais vou fazer isso” é balela. Quem agride uma vez e vê que nada aconteceu, vai agredir sempre. Eu mesmo digo a ela que caso algum dia eu a agrida (e espero que nunca venha a acontecer) ela deve me deixar imediatamente, pois eu teria passado a ser um sujeito em que ela não poderia jamais voltar a confiar. Nós dois já vimos muitos casos de mulheres que apanham de seus companheiros mas que sempre perdoam e dizem que os amam, pois dizemos o seguinte a elas: amem primeiro a si mesmas!!!!!

  58. B says:

    Tavo ne uma festa de familia com meu namorado, ele bebeu muito muito mesmo , dai fui falar um negocio com ele ai ele falou que eu estava apertando ele e eu não estava muito nervoso me deu um soco no braço ,ai começou a discurso na frente de todos ,devo perdoa ?

    • Pati says:

      Perdoar requer tempo e é não guarda mágoa, continuar namoro é outra coisa
      …avalie se vale apena continuar.. Siga a razão plena sem influência emocional….perdoar tem sim..

      “Perdoais minhas dívidas assim como perdoarei meus devedores”…..
      Fique com Deus e converse com ele. Seja de Deus , entrega alma a Jesus. Leia a bíblia e peça sabedoria ao Espírito Santo e assim não julgará errado.

  59. vanusa maria says:

    Por favor me responda o meu Email……Obrigada!!!

  60. vanusa maria says:

    eu tenho um relacionamento de nove meses um comprimisso sério nos estavamos fazendo planos se casar, abrir negocio juntos, estamos seguindo na igraja se preparando para se converte aceita jesus como unico salvador, dormimos juntos todos dias, mais ele e muito ciumento, tem um ciume imaginário, deste que se conhecemos não se descludamos, ele tem otimas qualidades, e fie, trabalhador,romantico,carinhoso,anda de maos dadas, muito companheiro, caprichoso, mais acontece que numa conversar entre nos dois ele ficou com raiva e me agrediu com tapa forte do lado do meu rosto.agressão fisica jamais aconteceu ate então, mais ele as vezes me insultava com palavra por ciumes. O que faço devo pedoar

    • Pati says:

      Se é De Deus deveria seguir e buscar as suas palavras, não dormi com ele por exemplo que se casassem…orar pela união..e ele pode ter essas qualidades, mas anula elas quando é agressivo.. Isso o homem que quer? Violência física ou verbal e qualquer outra é sério…converse com ele e busque Jesus… Deus me tocou para falar ler a bíblia e pedi Sabedoria com fé ao Espírito Santo para intende-la e tomar posse da benção e frequente igreja , programas bíblicos…não insista e case com ele se ele não for de Deus e se for de Deus saberá domar furua e te tratará como princesa

      • Pati says:

        Nao indiste e nem case se ele nao for de Deus…..Observe se ele é de Deus…
        Tem passagens bíblicas no comecinho da bíblia como raiva, solidão…… Pode te ajudar…no sites confiáveis e cristãos tem palavras abençoadas e bliblia comentadas que pode todo dia ler uma parte dela e pesquisar .

    • marisa says:

      Olha vanusa,cai fora porque soh tem a piorar. Quando perde o respeito não tem mais o que fazer ..se separar é a melhor solução …quem ama não agride….se é assim no começo imagina quando casar ..se valorize e vai ser feliz …coloca nas mãos de Deus. .que vc conseguirá dar a volta por cima ..

  61. Yara says:

    Boa tarde! Por favor me ajudem…
    Estou a namorar a 4anos e 5meses nos primeros 3 anos eu era muito feliz na relacao desd entao este ano ele comecou a mudar d comportamento, descobri que ele me traia, e ele nunca tinha tempo para eatar comg. No dia 14 d fevereiro dia d sao valentim tivems uma tard d muito amor anoitinha saimos com amigos etc d madrugada a voltar a casa eu mechi o cell dele quando ele da conta me da uma chapada muito agresiva me pega forte pelo braco e me tira do carro me mandando embora okey…perdoei e passou… na sexta feira tinha uma festa em casa dele eu bi decorrer da festa fui ao quarto dele a casa d banho quando saio abro a bolsa dele e econcontro preservativos em falta, e uma pulseira femenina chameilhe quando ele veio eu nervosa interroguei da pulseira os preservativos atirei para o chau quando dou por mim ele está a encher me de chapadas e gritar comg me empurrando me…foi horrivel…n sei o que fazer lhe amo bastante temos planos de casar toda familia sabe e tenho muito medo de lhe perder mas ao mesmo tenho n confiu mais nele e meu coracao doi pela atitude dele.o que faco? Ele nao para de pedir desculpas… me ajudem

    • Pati says:

      Orais por esse homem…perdoa mas não volta… Casando imagina? Ame você é seu Corpo primeiro que xo. Certeza não gosta de ser agredido.
      Fique com Deus e converse com ele.

    • karol says:

      Yara é evidente que ele não a ama e nemlhe rerespeita..pergunte a si mesma se é isso que vc merece?..Não vale a pena amar uma pessoa que só te faz mal, Deus não nos criou para sermos maltratadas…esquece esse rapaz..siga sua vida ..amor é muito além do que vc se submeter a isso! Vc pode sofrer sem ele..mas sofre com ele tbm do mesmo jeito..Não aceite migalhas de amor

  62. Silvana says:

    Olá. Me chamo Silvana, tenho 34 anos. Há 3 meses conheci pela internet um rapaz de 32. Eu estava à procura de um namorado e ele tbm. Nos demos bem, moramos perto, e começamos a nos relacionar. Com o tempo eu fui descobrindo q ele possui diversos traumas. Foi abandonado pela mãe e adotado por uma família, por ter pele mais escura e ser diferente , os parentes n o tratavam com igualdade. Na adolescência sofria bullying dos colegas e n conseguia se defender. A mae trabalhava o dia todo e o pai n lhe dava muita atenção, apenas batia qndo ele fazia algo de errado. Foi se isolando das pessoas e guardando esse rancor dentro dele. E para piorar ele adquiriu a Sindrome do Panico e precisa tomar medicacoes. Ficou desempregado e estava completamente perdido. Eu tentei ajuda-lo. Mas nós vivíamos em brigas e discussões o tempo todo. Idas e voltas constantes. Ate q num desses términos eu fiquei com outra pessoa. DPS fizemos as pazes e continuamos juntos. Eu preferi omitir e tentar ter uma relação melhor, mas as brigas continuavam. Eu procurei ajuda-lo de TDs as formas, fui companheira, amiga, mas ele sempre desconfiava de mim e eu dele pq tinha um histórico de mulherengo. Eu me apaixonei e ele tbm. Estávamos tentando fazer dar certo.
    Mas certo dia eu recebi uma mensagem do cara q tinha ficado antes, ele viu e ficou possesso de raiva. Me deu um tapa no rosto q cai no chão, depois me chutou e disse q ia me matar. Eu fiquei com muito medo. Tambem admitiu q me traia. Foi um momento terrível. Dps de muita humilhação ele me deixou ir embora.
    No dia seguinte, dps q se acalmou ele me ligou chorando, pedindo perdão, q nao poderia ter feito aquilo, q eu era o porto seguro dele, a única coisa boa q ele tinha na vida, q eu tinha acabado com a esperança de ser feliz uma vez na vida e por isso perdeu o controle. Admite q o q fez n tem perdão, mas q não é um monstro e q gosta de mim acima de tudo.
    Eu estou muito confusa. Nao Denunciei, viajei p ficar longe, ele liga desesperado, diz q vai se tratar, procurar ajuda profissional, mas pede q eu n fique sem contato com ele pq é muito difícil p ele.
    Eu desculpo a agressão, me sinto muito culpada por ter traido, mas n acho q posso confiar novamente. Ele pede uma chance p mudar e consertar o erro q cometeu. Tenho medo q ele faça algo de ruim com ele mesmo. Meu coração sofre muito pq sei q ele está sofrendo tbm. Tenho culpa, pena, amor… Uma mistura de sensações. Eu preciso de orientação. Minhas amigas dizem p ficar longe. Eu sei q é a coisa certa. Mas o q eu faco com o sentimento? Preciso de uma luz!

  63. isabellita says:

    Eu estava na cozinha e sem querer pisei no pe do meu namorado… Ele mim empourou forte… Mi senti a pior pessoa do mundo e uma dor inexplicável, Doi na alma… Decidi sair da vida dele porquê se ele faz isso agora imagine depois… Mulher nemhuma merece passar por isso, Agora e bola pra frente…

    • marisa says:

      Parabéns isabellita ….todas mulheres deveriam ter a mesma atitude que vc,no primeiro tapa já cair fora ,porque é assim que começam as violências domésticas por um tapa depois vem socos e assim por diante..mtas vezes até a morte ..nós mulheres temos que nos valorizar .

  64. JAQUELINE says:

    Estou casada a 4 anos, tenho um filho de 10 meses, meu marido chega sempre tarde em casa depois do futebol e pra variar bêbado. Na maioria das vezes tenho que me calar, pois se não a discussão fica pior. Ele me bateu varias e varias vezes, mesmo quando eu estava gravida ele me batia e no outro dia pedia perdão que estava arrependido. Hoje em dia a nossa situação e a seguinte, ele as vezes bate e nem mesmo pede desculpa, ou quando discutimos ele me ameaça diz que vai me da porrada, ele sempre me deixar a pensar que sou eu a culpada, que sou insuportável. Sera que o erro e meu? Tenho que ser submissa a ele? aceitar o jeito dele ser, e meu filho assistir essas brigas?

    • flor says:

      Seu filho merece um ambiente de paz! Se vc ñ toma a atitude pq se sente culpada, então tome a decisão pelo seu filho, esse sim não tem culpa de nada! Pelo futuro brilhante do seu filho e da futura esposa dele termine com esse agressor.

  65. Lari says:

    Preciso da opinião de vocês.
    Estava num relacionamento de 5/6 meses com uma garota, uma relação muito intensa…desde quando nos conhecemos pessoalmente não nos desgrudamos mais. No último final de semana, 05, estávamos reunidas com uns amigos na minha casa: comida, bebida, música, muita risada. Enfim! Tudo estava ocorrendo muito bem. De repente a minha namorada começou a me insultar (estávamos na cozinha), começou a discussão por coisa tola. Pedi a todo instante que falasse baixo para respeitar minha mãe que estava dormindo e meus amigos que estavam no outro quarto. Mantive a todo instante minha voz calma, mas irritadiça e apontando o dedo no rosto dela, pedindo para que me respeitasse. Do nada ela deu um tapa na minha cara e na mesma hora dei um soco. Fui para o meu quarto e ela veio atrás dizendo que me bateu porque eu tinha batido nela primeiro. Ela avançou em cima de mim, me jogou na cama e começou a me esmurrar…deu um soco no meu olho. Eu não revidei a agressão, somente segurei-a e pedia a todo instante para me respeitar e respeitar minha família. Ela, embreagada, continuou os insultos e praticamente “pedindo” para que eu a agredisse. Puxei o cabelo dela e dei dois tapas e ela mais uma vez revidou.
    Discutimos bastante até que conseguir que consegui amenizar a situação.
    Expulsei-a de minha casa, compartilhei o ocorrido com uma amiga, alguns membros da família e minha mãe. Todos com muita raiva dela.
    A todo o momento eu sentia decepção e muito nojo por ter vivido aquilo, sempre tratei-a como uma princesa e fiz tudo ao meu alcance para fazê-la feliz.
    Ela me manda mensagens diariamente pedindo perdão, dizendo que me ama, que não era ela, que nada justifica ter me agredido.
    Ainda a amo, mesmo querendo negar isso pra mim mesma. Quero muito o bem dela, independente de qualquer coisa e sinto muita falta dela. A gente sempre discutiu por coisas do dia a dia, problemas de convivência por sermos diferentes, mas nunca as coisas chegaram a esse ponto. No início do relacionamento brigavamos feio, mas depois eram só discussões que horas depois voltavamos ao normal.

    O que vocês acham que devo fazer?

  66. Lili says:

    eu tenho alguns problemas de saude, tinha acabado de chegar do hospital… ele nao ficou peto de mim … comecei a chamar ele …ele foi ficando bravo , entrou no quarto e sentou no chão … eu sem poder levantar a cabeça … achei estranho e fiquei brava ..falei que ele tava conversando com mulher … eu estava de bruço … qd dei por mim ele estava em cima da cama me virou fechou o celular na mão e me socou a boca … entrei em panico … ele começou a pedir desculpas e disse q perdeu a cabeça ….. tem 3 dias não consigo olhar na cara dele … ele entra na minha casa … por mais q eu me esconda .. ele me acha … perde perdão … diz que sem eu vai se matar …. eu to enloquecendo… não sei oq fazer …. :´(

  67. morena says:

    Olha fui casada por 5 anos e temos 2 filhos…
    ele bebe muito e um dia fomos ao mercado e eu disse q era pra ele comprar somente o q eu tinha pedido e mais nada … qdo ele saiu do mercado havia comprado o q pedi e mais umas latas de cerveja. .. fiquei muito brava pq ele ja havia bebido… ai fomos pra casa…. chendo em casa eu cimecei a falar: q td vez era isso … que eu nao aguentava mais…. ai ele ameaçou de pegar meu filho menor pra dar uma volta ai fiquei louca peguei meu filho dos braços dele…e ele ficou bravo tbm e ccomeçou a quebrar td em casa … td dos armários. .. da geladeira…. e meu filho mais velho chegou e viu aquela cena …. e no meio da confusão meu ex pegou uma peça de carne q estava congelada.. e atacou no meu rosto… quebrou meu nariz…. fiquei semanas sem abrir o olho direito.
    E agora depois de 8 meses de separação ele quer voltar dizendo que nao jogou a carne no meu rosto de propósito. .. q jogou mais não era pra pegar em mim…. acredito que tem pessoas que na hora do nervoso façam coisas que se arrependem depois…. mas sei que nos somos responsáveis por nossos atos…. e acredito que se ele fez uma vez quem me garante que não fará novamente? ???
    O perdoei mas nao o quero de volta…

  68. kely mauricio fonseca says:

    olha minha historia é complexa,quando engravidei ele nao quis assumir a mim.entao fui expulsa de casa,dormi nas ruas ,na rodoviaria,comia mato e bebia agua para matar minha fome pois ninguem no momento quis me assumir,e verdadeiramente nao fiquei magoada com ninguem,pois eles so pensavam q teriam uma responsabolidades para o resto da vd ,mas nos meus planos era so ate eu restabelecer do meu baque.;de estar namorando engravidar e ser expulsa…..enfim quando ganhei meu primogenito que o amo demais com o tempo ele aproximou de nos(depois de aproveitar bem a vida sem querer saber como eu estava)entao decidimos voltar e tivemos uma princesa a segunda razao do meu viver parecia que iria dar tudo certo,mas brigas começaram depois veio as agressoes fisicas.sou muito rejeitada por algumas pessoas q pra mim e muito importante ,e ele no caso depois de tantas surras quer voltar nao acredito mas a solidao é horrivel entao vivo dando varias chances sem saber se estou fazendo o certo,mas tento de toda forma dar mas ele errou muito e me culpa ,falo com ele que quem tem que mudar e dentro dele pois ele pelo ao menos violento nao era .vou vivendo na esperança………

  69. soraya says:

    Minha historia tbm nao e facil,namorei durante 4 anos e tivemos um filho no primeiro ano,ele e um excelente pai e companheiro,porem em uma briga e casal q tivemos o ofendi ele tbm me ofendeu,ele me jogou no chao me chutou e fui pra cima dele tbm,chamei a policia o denuncieie ele foi preso mas pagou fianca e saiu,nao cv +,mas a relacao com meu filho nunca mudou ele continua sendo o excelente pai,eu passei a sair me divertir porem ainda o amava,ficamos um ano sem conversar porem tivemos uma recaida e voltamos,amadurecemos mt o tempo q estavamos separados e hj nosso filho esta mais feliz,qdo discutimos evitamos ofensas e gracas a Deus estamos mt felizes,aconteceu so uma vez e ficamos separados mas o tempo mostrou o caminho certo,aconselho vcs a tentarem dar um tempo pra q o outro mude por vcs e pelo amor,e mt facil julgar qdo nao esta na situacao.

  70. Ka says:

    Eu e meu namorado nos conhecemos no trabalho. Ficamos e em menos de um mes agente foi morar juntos. No primeiro ano foi tudo perfeito. Saiamos, bebíamos, conversávamos. Do segundo para o terceiro ano tivemos duas situações na qual ele me xingou, empurrou e me pegou pelo cabelo, pois teve uma crise de ciumes fantasiosa. Ele sempre foi companheiro carinho e tals. Nos último mes ele passou a dormir fora de casa sem avisar várias vezes. Eu fiquei louca, pois ele falava que so estava com os amigos. Entao invadi o face dele e descobri que ele tava de rolo com uma colega de trabalho. Fiquei puta, pois sempre perguntei numa boa se ele estava com alguém e ele sempre me dizendo que eu era a mulher da vida dele. Rasguei muitas roupas dele e quebrei quadros que ele havia pintado. Ele chegou em casa e ficou puto e me xingou, quebrou várias coisa também, me pegou pelo cabelo, pelo braço com força. Falou que nao queria mais nada comigo. Que eu nao prestava e tals. No outro dia fizemos as pazes. Eu pedi desculpas e ele também. Me confessou que realmente tinha ficado algumas vezes com a tal colega de trabalho e que queria morar sozinho, mas ainda assim falou que me amava e que nao queria perder contato. Eu puta com a situação falei (inventei) que não era so ele que estava sendo cobiçado e que os amigos deles queriam me comer. Nessa hora, ele mudou da agua pro vinho pegou um chinelo e começou a me bater, eu sai pra sala e me agachei pra me proteger ele deu muitos tapas na minha cabeça, ficava perguntando quem eram esses amigos, eu disse que foi so para provoca-lo e ele me enforcou, me bateu com uma garrafa de agua na cabeça várias vezes. Me xingou e foi dormir. No outro dia levantou me pediu desculpas. Eu disse que iria denuncia-lo pela agressão. Ele pediu que eu fizesse isso mesmo, pois ele merecia pagar pelo que fez. Denunciei no 180. Estou esperando. Vou sair de casa amanha. Ele diz que me ama e me pede para ficar. Ja me decidi, mas estou com medo de me arrepender. Tivemos mais momentos bons do que ruins. Não sei o que pensar.

  71. mari says:

    Eu namoro a 6 meses , e ele é carinho , faz de tdo p me agradar , so que uma vez a gnt brigou por ciumes dele , e ele segurou meu braço cm muita força e me ta ou na cama , a segunda vez , ele me enforcou na cama , até eu ficar sem ar , ele logo depois pediu mil vezes Desculpas , eu chorei muito nunca tinha passado por aquilo , da terceira vez ele me empurrou, eu nao fiquei queta ja tinha avisado ele que não ia mais aceita se ele me agredisse , eu vei em cima dele , com murros e chutes ele me deu um murro na cara , so que nao pego direito , a gnt paro eu respirei e sem pensar esmurrei ele , ele me segurou pelo pescoço, e eu tbm apertei o pescoço dele , até que ele me derrubou no chão , aí a gnt parou .. Foi como duas pessoas que se odiasse , estivesse brigando , nao era eu e meu namorado era eu querendo esmurrar o homem que eu amo , e o homem que me ama , me batendo …. Como é triste , como é tristi !

  72. reis says:

    Aconteceu mais uma vez no meio de uma simples discussão. U__U

  73. reis says:

    Essas coisas me deixam tão mal, mas ele também me faz tão bem. É 8 ou 800. Eu fico destruída quando algo acontece e maravilhada o tempo inteiro. Eu não quero viver me sentindo tão mal, sem saber se é certo continuar, sem saber o que está acontecendo, por que, ou se vai se repetir. Por outro lado não sei se é certo largar tudo que temos de bom. Ele me faz feliz ao todo, me sinto bem quando estamos bem e mal quando estamos mal. Não quero passar dos limites e ter que conviver com esse tipo de coisa. Ele não é malandro, safado, 171, é maneiro, estuda trabalha, conta comigo em todos os planos, mas depois que ele me bateu uma segunda vez, eu não sei mais o que fazer, o que pensar…

  74. reis says:

    Vou fazer 2 anos de namoro com ele e desde minha infância sempre apanhei da minha mãe como castigos e cheguei ao ponto de fazer o mesmo com meu irmão mais novo. eu era agressiva, quando cresci melhorei. entrei para aulas de luta e nunca mais briguei fora de treino. conheci meu namorado e estava tudo bem até que algumas vezes comecei a agir com agressividade com as pessoas depois de bêbada. batia nele e nos outros, acordava sem saber de nada, me sentindo super magoada com o que fiz. até que um dia ele me segurou muito forte e eu fiquei um tempo com dores no pescoço que acabou sendo entortado e ficou tudo bem, ele também me mordeu nas costas e tenho marca até hoje, eu o bati no rosto e ele respirou fundo, estava me deixando em casa para não me deixar mal na rua. depois disso as coisas só pioraram, eu sempre tentei ser perdoada e é uma coisa que não tive controle algum. agora ele quando se estressa mesmo que sem motivo algum, me soca. me socou com quase um ano e meio de namoro e uns sete meses depois fez novamente. Esses dias nos desentendemos em uma festa eu queria protege-lo e ele me desrespeitou, eu entrei em desespero, o agredi, ele me deu um soco e me largou no meio do nada. eu não quis voltar para casa 5h da manhã e contar que brigamos feio, fui para casa dele com uma faca para me defender, sempre que ele se aproximava eu corria; ele me pediu para largar a faca e se deitar com ele pois não faria nada. no dia seguinte ele disse que perdeu a cabeça que eu provoquei, mas que ele estava errado. eu sei que preciso não ser agressiva, mas ele é tão forte, eu sou tão fraca, não sei o que fazer. ele não deveria usar essa força assim. nos acreditamos que eu influenciei essa agressividade toda e que tem jeito. mas por ele chegar nesse ponto 3 vezes, mesmo que tenha comprado remédios caríssimos e cuidado de mim tantas vezes, eu não sei se devo confiar nele.

  75. Cris says:

    Continuação: – Já aconteceu algumas outras vezes. Mas de uma forma mais leve. Ele não aceita minhas amizades, tem ciumes de roupas, e até da cor do meu aparelhoo… Gentee como faço p terminaar de uma formaa suave? Q ele enteendaa? Por favoor me ajudeem!!!

  76. Cris says:

    PRECISO DE AJUDAAAAAAAAAA!!

    Gente namoro a 1 ano e 10 meses. Muitas brigas e ciúmes envolvidos nesse tempo. Domingo decidi terminar o relacionamento. Fui conversar com ele, conversei e expliquei tudo…
    Assim que eu virei para pegar minha chave e ir embora ele me deu tipo um murro nas minhas costas, depois segurou firme no meu braço e falou que eu ia sentar para ouvi-lo. Parti para cima tbm… Homem p tocar a mão em mim, só meu paaai msmo, e neem isso meu pai faz.
    Depois meu namorado caiu no chão e começou a chorar, pediu perdão e disse que jamais faria novamente. O QUE EU FAÇOOO???

  77. Maria' says:

    Comecei a namorar um cara que tem dupla personalidade. Em alguns momentos ele é o cara mais meigo do mundo e em outros momentos chegou ate a me ameaçar de morte com uma faca em punho. Combinamos que se ele quisesse realmente continuar comigo ele deveria buscar ajuda especializada, e assim ele fez, e estava ate dando certo, mas teve uma certa vez que eu peguei ele de conversinha com uma menina no watts e como estávamos em um sitio pressionei para que pegasse minhas coisas que estavam com o primo dele, que eu queria ir em bora, e ele simplesmente me ignorou, daí comecei a empurra-lo pra que ele fosse pegar minhas coisas e foi aí que ele começou a me agredir com socos ate eu cair no chão, quando caí vieram os chutes, no meio da festa, no meio de todo mundo e agora ele disse que eu provoquei, que eu comecei a empurra-lo e ele se descontrolou. Não sei o que eu faço, sera que eu provoquei mesmo?

  78. Fernanda says:

    Eu tomei um tapa no rosto, que deixou marcas no meu coração, isso já tem uns 5 meses, mas me lembro todos os dias, estamos casados há 15 anos, desde adolescentes e ele até então nunca havia me agredido, fato isolado ou vai acontecer de novo?

  79. Fabi says:

    Eu já apanhei algumas vezes do meui namorado, geralmente são uns tapas bobos, sem muita força, mas geralmente me deixam hemtomas pq sou muito branca. Teve uma vez que ele me sufocou com a baqueta da bateria, foi um ou dois segundos, mas tive medo. Hoje tenho medo dele, medo de contrariar ele. Ele é extremamente ciumento e possessivo, briga por tudo e qualquer motivo, e nunca poupa palavras pra me xingar de tudo quanto é nome. Já teve casos que ele me acordo no meu da noite pq tinha olhado o perfil de um amigo meu q ele nao gosta a semanas atras, me deu dois tapas na cara, e eu tremia, tive medo de responder e fiquei quieta. Nessa final de semana fomos numa festa a fantasia que eu estava louca pra ir, ele nao queria, fala que essa festa é boa pra ir solteiro, mas foi, e fico com cara de bunda a festa toda. A festa era open bar, eu tive vontade de ir no banheiro, mas como ele já tava com cara de entediado, nao queria deixar ele mais entediado ainda na fila, então disse pra ele que ia no banheiro, pegar uma ceva e ja voltava. Quando sair do banheiros tava um casal de amigos que estavam conosco na fila, sorri pra eles e fui pegar uma cerveja, entao fui encontrar meu namorado. Entre ir no banheiro, pegar uma cerveja e encontrar meu namorado acho que nao deu 5 min, mas ele estava puto da cara, queria saber onde eu tava, que foi no banheiro e nao me acho e resolveu sair da festa brabo. Nao eram nem duas horas da manha, e eu fui atras, ele foi me xingando no caminho, me chamando de tudo quanto é nome, até me deu uns tapas na cara no meio da rua, entao xinguei ele, e chamei ele de corno, ele me deu um tapa com mais força ainda e me atiro no chão, e disse pra eu chamar ele de corno de novo se tinha coragem, chamei novamente, e ele me deu um tampao, e me atiro no chão, deu com tudo com a cabeça no chão, fez um galo na hora e sangro um pouco. Tinha uns caras na rua que se indignaram e vieram pra cima dele pra bater nele, mas eu defendi e pedi pra ninguem encostar nele. Após isso dei uns tapas nele e machuquei a boca dele. Xinguei ele um monte, e ele pareceu arrependendido, mesmo assim tava muito chateada. Fiquei o final de semana inteiro pra baixo, então no domingo eele fico brabo por causa da “minha cara de bunda”, e falo que eu mereci apanha, pq chamei ele de corno, que qualquer cara faria a mesma coisa, e falo que se eu chamar de novo ele vai me bater de novo mesmo. Eu amo demais ele, nem vou perguntar o que decvo fazer, pq sei a resposta, mas por algum motivo nao consigo me afastar dele. Alguem passo por algo parecido e ele nunca mais bateu em vcs?

    • Pati says:

      Nem arrependido o cara tha… Chamar de corno não é motivo para bater . Nada é motivo para agredir mulher e quem ele deveria amar….se ame filha ame seu corpo é rosto que pede socorro..hematomas deixa marcasno no corpo e na alma…sei que sofre ..ore por ele e por ti. Frequenta igreja e se ele não mudar, pule fora..ter medo de namorado? Isso não é saudável e normal…ao mesmo tempo chama ele de corno mesmo sabendo que vai apanhar? Acho que sente medo de não apanhar…tratamento pra você e pra ele..esse amor se é amor , da sua parte pode ser doença da dele também.Fique com Deus e converse com ele.

  80. kelly says:

    Oi gente hoje tive uma briga com meu namorado , discutimos por qe gritei com eele na frente dos pais dele e ele nao gosto mais nao falo nada na hora mais depois qe ficamos a sos ele começo a me chingar de loka q eu sou descontrolada , ai ele qeria ir embora nao deixei ele ir , ai ele começou a pegar nos meus braços com força me machucando comei a falar alto empurrei o dedo na cara dele e machukei e ele me deu um tapa na cara , sai chorando eele veio atraz de mim dizendo que nao queria mais ficar comigo , parti pra cima dele dei socos no rosto e machuquei ele com as minhas unhas mais me arrependi mtt pois a gente ia noivar esse mes estamos nos preparativos nao sei oqe fazer

  81. CRISTIANE GOMES says:

    bebo muito e ja bati no meu namorado e ele me bateu de volta,na outra vez ele me bateu e deixou meu olho roxo,pediu perdão perdoei não passou nenhuma semana ele me espancou por ter cumprimentado um amigo com bjo e abraço me deixou nervosa bati o carro agora ele ta implorando perdão e eu gosto muito de transar com ele sinto falta do sexo, e exigi que para voltar ele arrumas-se um emprego pois além de agressivo ele esta desempregado, sou uma pessoa boa tentando corrigir os meus problemas e os deles ,mais estamos juntos a três meses e tanta briga não e normal, se ele arrumar um emprego voltamos e vamos ao psicólogo nos dois.o QUE ACHAM DA SITUAÇÃO?

  82. jooh says:

    ola! sou casada a 1 ano e meio,quando namorávamos ele era querido,compreensivo,carinhoso, mas então decidimos nos ajuntar com apenas 3 meses de namoro,no inicio estava bom,saíamos juntos p todo lugar,aí sem esperar engravidei,de repente tudo mudou ele começou a me deixar sozinha em casa,só saia com amigos,chegava tarde em casa,começou a ser grosso,estúpido.
    até que meu bebe nasceu,daí tudo piorou,começou a sair mais vezes com amigos,chegar na madrugada e bêbado,me xinga,me chama de vários “palavrões, aí do nada ele começa a me agradar para querer transar,e eu disse que não queria,que não dava,ele subiu em cima de mim a força,e eu pedia por favor p ele sair de cima,ele não saia,então arranhei o rosto dele,para que ele parasse com aquilo! quando do nada ele me deu dois tapas no rosto,machucou ficou hematomas,fiquei com o ouvido doendo por dias! Aí mandei ele embora,por mim ele poderia ter ido,mas ele não tem ninguém,fiquei com dó! ele disse que era normal brigas assim pois nós nos amamos.Eu o perdoei,mas tem algo que esta me incomodando,que me faz pensar naqueles tapas a todo momento,Me ajudem a tirar esse aperto no peito?

  83. haianne kelly says:

    olá meninas vou dar a vocês um conselho de amiga eu sou casada a 4 anos meu marido nunca mim bateu mais ele é muito ciumento já não estou aguentando tanto ciúmes amo ele mais acho que vou mim separa ñ dar certo viver em um relacionamento sem confiança. se ele te bateu uma vez vai bater outra com certeza.

  84. DG says:

    Uma pessoa que agride uma vez, seja por estar bêbado, ou qualquer outro motivo, volta a agredir?

  85. MARY says:

    eu namoro a dois anos e 4 meses , meu namorado sempre foi agressivo ,ele me bate ja deve fazer um ano. já voltamos e terminamos varias vezes , sempre corri atras por falta de amor proprio, ele é muito ciumento quer me controlar em tudo e por querer me afastar do mundo perdi minhas amizades e hj sinto q estou sozinha e devido ao fato de ter me acostumada a ficar mt tempo sozinha hj tenho dificuldades em me relacionar com as pessoas , pois sofri mt quando estavamos separados e até hj nao me livrei da depressao , e pelo fato de ser sozinha e ter só a ele eu tenho medo de terminar ,temos brigas feias eu sou super doce e nunca vou pra cima dele , ele que sempre começa por motivos idiotas mesmo, por qualquer coisinha ele me humilha ,me coloca pra baixo me bate e sinto que ele ta piorando cada dia mais pois sei que ele nao se arrepende de coração , sei que é tudo da boca pra fora as desculpas .e sinto mt medo de terminar pois nunca consegui ficar sem ele . o que eu faço? [
    PRECISO DE UMA RESPOSTA RÁPIDO

    • MARY says:

      ah e tem mais uma coisa , ele sempre me ameaça se eu tomar atitude , tenho medo de falar pros meus pais pq n queria ferrar com tudo.sei que devo terminar e eu quero muito ter coragem pra isso ,mas n consigo. e apesar de tudo q ele faz ele ainda pega meu celular e leva embora pra que eu nao termine com ele . pq se eu terminar ele n devolve meu celular

    • Pati says:

      Oi não tem ninguém e seus pais… Não é frudada com ele flor , você faz exatamente o que ele quer , ficar isolada e pra baixo…ele deve te colocar para baixo para tu achar que ele é o melhor que tem na sua vida, e é o pior …antes ame voce e quen faz mal a ti primeiro é tu que permite isso ..leve ele para igreja e se ele não recebe Deus de verdade e se continuar assim, TERMINa…têm muitos homens e o mundo lá fora pode ser lindo.. Depende de ti….peça Deus um homem bacana para ti e faça sua parte , leia bíblia , limpe-se do pecado para ele poder agir.depressão Deus cura força… Provacao e tentação passará, e se não sabe diferença pesquisa ..RecebeJesus e seu corpo está limpo, não suja os pés continue vigiando e orando para não pecar…se erra peça perdão sincero e tente não pecar…

      Amiga do zap?

  86. Ana says:

    Olá, namoro a 10 meses, meu namorado é a melhor pessoa do mundo, meu melhor amigo e tudo pra mim, mas aconteceu uma coisa esses dias q me magoou demais. Eu estava ignorando ele, enquanto estavamos na rua, era uma coisa boba, e ele insistiu em continuar falando naquilo, e eu fiquei na minha, bem quieta, até q ele me pegou pelo braço, falou em um tom alto, disse pra mim olhar pra ele e parar com aquilo, e eu disse ta e que era pra me soltar, mas ele me puxou por mais 2 vezes, na terceira, ela pegou o dinheiro, colocou na minha mão e disse q n iria mais ao lugar q iamos, e disse q ele n ia mais querer olhar na minha cara, eu fiquei espantada com aquilo, q n tinha proporção alguma, e de repente ja tinha mudado e ele me machucado. De uma hora pra outra, ele olhou pra minha cara e disse q foi brincadeira. Fiquei boba com a atitude dele, sei q n fiz certo em ignora-lo, mas sabe quando n queremos responder coisas bobas e acabamos ficando quietas?
    Na volta do lugar, q ele acabou indo cmg, mesmo eu n dizendo uma só palavra no caminho, ele me viu chorando e pediu desculpas, me abraçou, mas eu estou me sentindo tão triste por dentro que n sei o q fazer, ele ja pediu desculpas, mas continuo mto magoada por dentro. O q devo fazer?

  87. Natália says:

    Estou namorando a 3 anos, e nas festas de fim de ano de 2013, meu namorado me bateu e me deixou com a cara roxa, eu joguei minha aliança no chão e falei pra ele que tinha acabado, ele se ajoelhou começo a chorar e me pediu perdão, falou que nunca mais ia fazer isso. Depois de muita conversa e resolvi perdoar ele e esquecer a oque tinha acontecido, Mas depois de um tempo nós brigamos e ele me bateu de novo depois disso ele me bateu mais uma vez.
    Estou muito confusa eu não tenho certeza se devo perdoar, todas as vezes que eu olho pra ele lembro do que ele me fez e não consigo perdoar.E apesar de tudo amo muito ele.
    Preciso de um conselho não sei o que faço.
    Por favor me ajudem.

    • Pati says:

      Não volta…não perdoa mas continua o namoro..perdoe e não continua…perdoar é não guarda mágoa…agora que ele é uma ameaça pra ti ,ele é…. Orais por ele..se ele quiser ser de Deus…próxima agressão termina…. Vivem em paz do senhor… Mesmo em momentos difíceis não ache normal agressão..Deus está contigo nos melhores e piores momentos e com seu namorado basta querer e ele não sair do controle e ser covarde…
      Fique com Deus e converse com ele.:)

    • flor says:

      Perdoa sim mas não volta com ele!

  88. leticia pereira says:

    Sou casada a 4 meses agente briga muito e ele sempre fica bem agressivo , a ultima vez ele me bateu e eu mandei ele ir embora mas depois de 2 dias ele volto pediu desculpas e acabamos voltando , tenho medo dele voltar a me bater amo muito ele nao sei oque fazer

  89. Angel says:

    Bando de mulher sem vergonha na cara! “ele me bateu mais eu o amo!“ vcs não sabem nem o que é amor próprio qto mais amar outra pessoa. Homem bateu uma vez bate denovo!

    • Luisana Araujo says:

      isso é verdade fui casada ha 11 anos apanhei eu amei, mais quando consegui minha dependência minha querida.. vazei na hora nao quiz nem saber…. Angel vc esta certíssima apoiada temos que nos amar em primeiro lugar sim…. deus me livre desses malucos que adoram bater em mulher

  90. Maria says:

    Estou casada a 2 anos e já tivemos muitas brigas, por causa de ciúmes e do meu passado, eu sei que é pura bobagem da parte dele. Ele já me bateu 2 vezes, agora na ultima vez ele me chamou de vagabunda e eu gritei com ele, e o chamei de sem carater ai ele me deu um tapa, disse que iria embora e já tinha arranjado tudo, mas desisti pq eu gosto mto dele, eu não sei oq fazer, pq provavelmente vai acontecer de novo. Me ajudem por favor, não sei oq fazer.

    • Ket says:

      Maria se eu fosse vc, eu não pensaria nem duas vezes iria embora, a minha mãe apanhava pelo mesmo motivo, por conta do ciúmes do meu pai e pelo passado dela, que eu não conheço tão bem, mas sei que não é um passado bom. Um conselho de amiga larga esse homem e ache um que te mereça. Boa sorte.

  91. NM says:

    Preciso muito de uma ajuda!
    Eu e meu namorado estamos juntos há 1 ano e 3 meses, brigamos às vezes, mas nada comparado com uma última briga que tivemos. Estou num período de tristeza, sobreposta a depressão crônica, devido a problemas no trabalho e na família e, como moramos juntos, acabei acordando-o no meio da madrugada, após chorar sozinha durante a noite, para pedir atenção, apoio. Depois de discutirmos verbalmente, eu acabei me exaltando e o arranhei. Nisso ele me bateu e empurrou forte para o chão. Reconheço que fui imatura no momento e impulsiva, e insegura no relacionamento, mas fiquei abalada porque nunca sofri agressão física nem de meus pais. Amo muito ele e sempre fizemos planos juntos, quanto a futuro, casamento e filhos de forma aberta. Gostaria que isso nunca tivesse acontecido e tenho tendência a perdoá-lo e seguirmos adiante arrumando as soluções. Acham que estou certa em fazer isso? Posso considerar essa agressão como fato isolado e perdoar? Perdoando, devo esquecer?
    Muito obrigada pela atenção

  92. LU says:

    BOA TARDE. MEU MARIDO É MUITO CIUMENTO E JÁ BRIGAMOS POR INÚMERAS VEZES E NOS SEPARAMOS VARIAS VEZES E ACABAMOS VOLTANDO POR INSISTÊNCIA TANTO DELE E MINHA EM MUITAS VEZES ACABAMOS DE CONSTRUIR NOSSA CASA E MOBILIAR TUDO DO NOSSO JEITO POR INSISTÊNCIA MINHA DE SAIR DA CASA DA MÃE DELE E TER UM CANTINHO SÓ NOSSO ACHANDO QUE ASSIM ELE MUDARIA MAS ESTA CADA VEZ PIOR NÃO ME DEIXA SAIR DE CASA QUANDO SAI PRA TRABALHAR DE PERGUNTA SE VOU SAIR E SE DIGO QUE SIM PERGUNTA HORAS QUE VAI E QUE VOLTA POR QUE VOU E SE NÃO DA PRA ESPERAR ELE CHEGAR, ACABO NÃO INDO MAS ELE CHEGA EM CASA E PERGUNTA SE SAI ONDE FUI QUE HORAS FUI E VOLTEI E DIGO QUE NÃO SAI QUE ESPEREI IR COM ELE ELE ME CHAMA DE MENTIROSA E NÃO ACREDITA
    E TAMBÉM NÃO ME LEVA ME DEIXA EM CASA E QUANDO SAIO ELE QUER SABER O QUE FUI FAZER OQ UE CONVERSEI LÁ DAI EU CONTO ELE ME QUESTIONA SE FOI SO ISSO PRA ISSO VC QUERIA IR LÁ E DEMOROU TANTO ISSO VC CONVERSARIA EM TANTOS MINUTOS SE ALGUÉM CHEGA LÁ EM CASA ELE TRATA MAL AS PESSOAS COM ARROGÂNCIA E SEMPRE DIZ DE UMA FORMA OU OUTRA QUE NÃO GOSTA DE RECEBER VISITAS E AINDA MAIS QUANDO ELE NÃO TA EM CASA. MINHA FAMÍLIA NÃO ME VISITA E EU NÃO POSSO VISITA-LOS ESTE FIM DE SEMANA FUI VER MINHA IRMA E ELE RESOLVEU VIR MAIS CEDO DO TRABALHO E NÃO ME PEGOU EM CASA FOI ATRÁS DE MIM E ME VIU LÁ E PERGUNTO TA FAZENDO O QUE AQUI PEDIR PRA QUEM POR QUE NÃO ME DISSE QUE IA SAIR ME FALOU TANTA COISA ACABAMOS DISCUTINDO E ELE ME BATEU ME DERRUBOU NO CHÃO DO BANHEIRO PISO NO MEU PESCOÇO E ME JOGAVA ÁGUA NA CARA ME ESGOELO ME HUMILHOU MUITO APOS ELE FAZER TODO ELE COMEÇOU A CHORAR E DIZER QUE NÃO QUERIA TER FEITO AQUILO QUE ESTAVA COM RAIVA POIS NÃO ME ENCONTROU EM CASA ME PEDIU PERDÃO MAS SINTO QUE NÃO POSSO PERDOA-LO PELO QUE FEZ SINTO-ME MACHUCADO NÃO TANTO FISICAMENTE QUANDO EMOCIONALMENTE E ESTOU MUITO CONFUSA NÃO SAI DE CASA POIS JÁ FIZ ISSO VARIAS VEZES E NÃO QUERO FAZER ALGO E DEPOIS VOLTAR. GOSTARIA DE UM APOIO DE ALGUÉM DE FORA PARA ME AJUDAR A ORGANIZAR MEUS PENSAMENTOS MAS NÃO QUERO EXPOR ESTE PROBLEMA PARA MINHA FAMÍLIA E AMIGOS

    • Cristhian says:

      Saia de casa, ou mande ele sair. Fiz o mesmo com a minha mulher e faria de novo pelo ciúmes que criei. Sai de casa e não voltei mais. Ela queria que eu voltasse mas eu nao podia me admitir voltar a fazer mal para ela. Estou passando a pior fase da minha vida, tomando remédio para depressão e mesno assim desesperado pelo que fiz. Agora ligo para ela e peço perdão, mas ela já não me atende mais. Isso tudo tem sido o que está me fazendo pensar no que fiz de verdade. Não volte para ele nunca, vai ser a única forma dele aprender, ou talvez nem assim o faça. Choro todos os dias pelo que fiz, e algumas coisas só agora estou entendendo o quão mal fiz a mulher que achava que amava. Hoje a amo de verdade, por isso sei que devo deixar el em paz para seguir sua vida. Mesmo que meu coração diga o contrário, mas como disse sei que vou acabar errando novamente se voltarmos, porr isso restrinjo minhas tentativas de voltar em ligações. Não fique com ele

  93. TT says:

    Eu agredi a minha mulher. Sofro tanto com isso como se um ácido me estivesse a queimar por dentro. Tudo surgiu porque eu deconfiava que ela se estivesse envolvendo comalguém, até que eu peguei o celular dela e vi as mensagens de carinho trocadas com outro homem.
    Não me consegui controlar e bati.
    Eu a amo tanto que já nem a traição me importa só quero que ela fique comigo.
    Se ela me deixar eu não consigo viver.
    Vão por mim, por mais que seja grave não passem para a violência.
    A dor que causei não se compara à que sinto neste momento.

  94. LUANA says:

    Estou em um relacionamento a 4 anos ele tem 3 filhas e ,nenhuma cmg e eu não tenho filhos,nem passado e pelo visto tbm não terei filhos já que esou com uma certa idade.O relacionamento sempre teve muito desrespeito da parte dele e por consequancia começou a ter da minha també…ninguém aguenda ser xingada de todos os palavrôes e ficar quieta.So que no ultimo domingo ele chegou bravo da rua(bateram no carro dele) me xingando do nada mesmo e eu com muita raiva de ter me chamado de vagabunda e vadia e outros palavrôes (que envolveram até minha familia) que eu explodi e dei um tapa na cara dele,ele verio e me bateu tanto e só na cabeça…muitos socos que não eram para deixar marcas na cara.
    Pedi para ele ir embora e ele não vai,disse que se eu deixar ele ai que eu vou morreu que ele me acha onde eu for.NÃO QUERO FICAR COM ELE E GOSTO MUITO DA MINHA VIDA.

    • Pati says:

      Denuncie, pode parecer bizarro mas perdoe ele, agora voltar é outra coisa…ora por ele tente trazer ele é tu para Deus ..sua vida pra está assim deve não ter ouvido senhor…agora se ele continuar agredir… Denuncie mesmo é procure ajuda.. Não engravida dele…e se tem filho e ele é bom pai deixe vê a criança, e preste atenção tha pois homens assim pode usar criança… Que sempre tenha gente de sua confiança perto dele quando tiver com filho(s) melhor ainda se ele nem ficar sabendo que está sendo vigiado….Fique com Deus e converse com ele….. Com fé melhorada.. Não fique refém

  95. Luiz Carlos Barreto says:

    Não , homem que bate em mulher é covarde , mau caráter , (normalmente bate em mulher e apanha de homem ).

  96. JULIANA says:

    OI ESTOU DESESPERADA NAMORO COM UM MOÇO HA 7 ANOS E ELE METRATA MUITO MAL COM MUITA FALTA D EDUCAÇAO POR TUDO E A GENTE SEMPRE BRIGA POR ISSO,ATE Q UM DIA FALEI Q ESTAVA CANSADA DISSO E QUE NAO QUERIA MAS NAMORAR COMIGO,AI ELE APERTOU O MEU PESCOÇO E FALOU QUE IA ME MATAR SE EU TERMINASSE E COMEÇOU A CHORAR E ME PEDIR DESCULPAS,FALANDO Q FEZ ISSO D RAIVA PQ EU FALO D MAIS E NAO ERA VERDADE.O Q DEVO FAZER? EU AINDA O AMO,MAS TENHO MEDO D FIK C ELE,E TBM TENHO MEDO D TERMINAR E ELE FIZER ALGUMA COISA COMIGO.

  97. Luana says:

    Meu companheiro me bateu muito ontem. Ele estava bêbado. Eu não vacilei. Arrumei as coisas dele e o despachei para a casa da mãe. Ele diz que não se lembra de nada. Quer que o perdoe. Não confio mais nele. Tenho nojo de homem que bate em mulher. Estou sofrendo muito, mas, se ele quisesse conservar a relação, não teria me espancado. A dor moral é até maior que a física. Não sei se é possível perdoar e voltar a confiar. Estas coisas por mais que doam, devem ser cortadas pela raiz. Acho que o maior amor sempre deve ser por nós mesmos. As pessoas que nos desrespeitam devem ser eliminadas de nossas vidas.

  98. kelly says:

    Minha filha namora um rapaz a mais de 2 anos, desde o 2 mês de namoro eu percebi que eles brigavam e se agrediam, conversei com eles, aconselhei, conversei com a família dele, e mesmo assim as brigas continuaram, e foram ficando pior a cada episódio, minha filha ama esse cara, apanha demais e bate nele, mas a força dele nem se compara a dela. Ela abandonou a família, por que eu não aguentava mais ve-lá chegar em casa machucada das agressões. Já chamei policia, mas ela sempre volta a namorar ele, e hoje eu vivo na incerteza do que vai acontecer a ela, se ele vai mata-lá ou se ela vai matar ele…estou desesperada não sei o que fazer.

    • Equipe says:

      Oi Kelly, o melhor seria chamar as autoridades quando as brigas acontecerem. Uma dica ainda pode ser mostrar outros casais e o quanto eles vivem bem sem a agressão. Um aconselhamento de um psicólogo pode mostrar a ela que sua relação não vai bem.

  99. nathalia says:

    meu namorado me deu um tapa na mão e me deu um chute porque eu fui pegar a minha bolsa dele ele nunca me bateu esse tapa foi todo ele disse que não me batey e além disso me Xingou de piranha isso porque ele estava direspeitando minha mae no telefone ai ele me ligou e me pediu perdao ,desculpas não sei oque eu faço estou confusa .

  100. Maria says:

    É complicado dar uma opinião sobre isso. Eu nunca apanhei enquanto namorava, mas assim que casamos comecei a ser ameaçada. Com menos de dois meses de casada fui ameaçada de uma surra de cinta. Daí por diante era ameaçada sempre até que um dia ele me bateu a socos e pontapés. Fiquei decepcionada, pois não esperava que ele me batesse. Apanhei mais 2 vezes e fui muito humilhada. Eu não perdoei, mas continuo casada. Hoje, apesar das ameaças, ele não me bate mais. Confesso que foi muito humilhante e vergonhoso para mim ter apanhado e precisar esconder os hematomas, Nunca contei nada para ninguém, apanhei e fiquei calada. eu também sempre o amei, por isso sofri calada,

    • Equipe says:

      Obrigada por seu depoimento maria.

    • Chayenne says:

      Oi eu vivo situação semelhante, meu marido me ameaça e me bate a troco de nada de coisas que ele fantasia na cabeça dele já tentei me separar mais ele não deixa eu não consigo perdoar e não suporto mais ouvir as desculpas dele to cansada dessa vida!

      • cida says:

        olha nunca perdoe, pois esses são ens frustados q querem descontar em alguem sua furia
        pois eles sempre choram, se ajoelha no meio da rua , diz nao vai fazer mais
        mas nao acreditem, cai fora , por existe homens q vc pode fazer o q for mas eles nao capazes de te agredir

        • Allan says:

          Olha Cida, sabemos que é difícil. Mais o correto, é realmente voce perdoar ele, pois somos seres humanos, por mais que sabemos o que é incorreto, mesmo assim cometemos esses erros.talves essaseja a dificuldade dele e de muitos homens.mais nao quer dizer que voce deve continuar vivendo co ele, aconselho buscar proximidade c Deus. Ore, peça ajuda em suas oracoes. Garanto que seu problema sera resolvido….

    • Aracy says:

      Vc e guerreira.Deus te abençoe.

  101. emilly says:

    faz 3 anos q namoramos e 5 meses q estamos morando juntos ele me bateu na frente de um monte de gente sem motivo nenhum eu ja arrumei minhas coisas pra ir embora mais amo muito ele o q devo fazer?

Deixe um comentário