Como encontrar alguém que não vê há muito tempo




Ter pessoas especiais em suas vidas que somem é comum. Algumas deixam tanta saudade que se quer encontrar de novo, mas pode ser inviável a busca depois de tanto tempo. Mas uma investida pode ser bacana se você acha que aquela que saiu da sua vida há muitos anos voltar a estar do seu lado e algumas boas dicas pode ajudar a encontrar alguém que você não vê há muito tempo.

encontrar alguém que não vê a tempo

Procure nas redes sociais primeiro

Até mesmo senhoras de idade já caíram nas graças do Facebook, Orkut e Twitter. Uma busca em redes sociais pode te ajudar a encontrar uma pessoa. Procure em perfis de amigos que viveram na mesma época que você conviveu com a pessoa a qual te faz falta. Procure fotos antigas e coloque algo em sua rede social que está procurando a pessoa e alguém pode ter o contato.

Caso tenha o CPF da pessoa, escreva o nome completo no Google com o número

Se a pessoa a qual você conhece já fez um concurso público, ela pode estar no Google. Ao menos a cidade onde ela se encontra pode ser possível saber. As informações de aprovados em concursos públicos são sempre divulgadas no Diário Oficial, o qual vai para o Google como dado público. Pode ser uma chance de procurar.

Contrate um detetive

Se for mesmo importante você encontrar esta pessoa como um pai ou um irmão, um investimento para isso pode ser necessário. Um detetive é um profissional pago apenas para procurar informações. Você precisa ter alguma base como o nome completo, um local onde morou, uma cidade em que esteve. Fotos são sempre bacanas porque aumentam as chances de sucesso. Os custos, porém, são bem caros. Você pode gastar mais de R$ 2 mil para encontrar alguém, mas taxas de sucesso aumentam muito.

 

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

Revenda Roupas

7 Comentários

  1. Lucia Izabel Vieira dos Santos says:

    Procuro Maria de Lurdes Morgado, Lurdinha, estudou no Colégio Pedro II, Humaita, RJ, morava no Jóquei Club, no Jardim Botânico.

  2. Maria says:

    Eu estudava na escola professora Júlia de Itumbiara, e O irmão do Cleyton se chamava Cristiano e tinha apelido de cureba, gostava de por galo para brigar…..procuro pelo seu irmão Cleyton, me informe por favor…..Obrigada

  3. Maria says:

    Olá procuro uma pessoa , que morava em Itumbiara Goiás , fiquei sabendo que se mudou para uma fazenda
    Está pessoa tinha um irmão que já faleceu infelizmente
    O apelido do irmão dele era cureba, porque ele tinha um lado da fce queimada e ficou com uma feia cicatriz
    Mas em fim , a pessoa que procuro Chama se Cleyton e não sei seu sobre nome
    Ele tinha um telefone fixo na casa dele se não me engano este telefone estava no nome da mãe dele que também não me recordo seu nome
    O telefone era 64 34334434

  4. Marines says:

    Estou procurando um pessoas que muito tempo não sei dele e preciso saber dele. Ele mora em Cascavel Paraná o nome dele era conhecido como Toninho Balique .se alguém soube entre em contato conosco através do número 69999343377

  5. irene says:

    estou procurando um grande amigo que nao o vejo há mais de 50 anos. Tenho informaçoes que ele mora no Jardim América em Vacaria, mas nao sei seu endereço nem telefone. Meu amigo chama se Ulisses Osmar Rodrigues da Silva. Ele nasceu e morava quando jovem em Pinhal da Serra em Vacaria rs.Gostaria muito de saber de seus contatos. É MUITO IMPORTANTE.

  6. Rogério says:

    LOCALIZAMOS PESSOAS – DEMAIS INFORMAÇÕES:
    Entrar em contato via :
    E-mail: detlocaliza@outlook.com Site: http://detetivepart.blogspot.com.br/

  7. estou procurando meu irmão mauricio da silva frança ,que perdi o contato desde que era bebe sei que ele morava na cidade de ouro verde do oeste no parana.este meu irmão ,foi adotado por seus padrinhos que se ,chamam sebastião martins e luzia martins que na época moravam próximo da igreja nossa senhora aparecida ,nesta mesma cidade os pais biológico dele são ofir galvão frança e maria josé da silva frança .por favor algum contato deixe recado .

Deixe um comentário