Como viver em condomínio




Uma das queixas mais comuns em delegacias tem relação com conflitos envolvendo vizinhos de condomínio. A convivência nem sempre é fácil, o que acaba causando brigas e confusões dentro de ambientes que, teoricamente, seriam os lugares mais seguros para se viver. Mas com uma boa convivência e algumas formas de agir, é possível evitar o conflito.

relacionamento com os vizinhos

Seja ativo na comunidade

Procure informações, vá para as reuniões e participe da vida do seu condomínio na realização de obras, aquisição de bens, e os procedimentos relacionados.

Evite ser um vizinho perturbador

Provavelmente seu condomínio tem uma norma para regular o bem estar do edifício, contendo orientações sobre ética e bem estar do condomínio, que é seu e dos demais vizinhos. Encontre o síndico e ele vai mostrar as atas relativas ao condomínio. Quanto mais você se informar, maiores são as chances de evitar constrangimento. 

O ruído é um dos maiores motivos de confusão entre os vizinhos, provocando brigas e até tragédias. Se você tiver uma festa para realizar, converse e consiga uma autorização prévia do síndico e , se possível, com a assinatura de seus vizinhos. Este é o caminho mais seguro para se viver em harmonia.

Prédios_no_Setor_Bueno

Preserve os bens comuns de seu prédio

Condomínios têm geralmente áreas comuns. Você e os outros inquilinos pagam um mês com valor variando de condomínio para condomínio. Alguns têm apenas o lobby, outros tem piscinas, academias de ginástica e quadras de tênis. Sempre que possível, tente repor o que quebrar. 

O ideal é manter um isolamento de som para o seu animal de estimação. Se você tem um cachorro muito nervoso, deve pensar em uma determinada sala com isolamento acústico para evitar que seu cão atrapalhe os vizinhos a noite.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

Revenda Roupas

Deixe um comentário