Crianças com cinco anos já são conscientes de sua aparência




Um novo estudo revela que um terço das crianças estão preocupadas com sua aparência, e 18% choram porque se sentem feias. Para os especialistas, este é considerado o fim da infância e o começo de uma nova era para a juventude e a ditadura da beleza. 

Um terço das crianças tornou-se ciente de sua aparência com menos de cinco anos de idade. Com oito anos, mais de três quartos dos jovens entrevistados por um grupo de pesquisadores britânico estavam bem conscientes de sua aparência pessoal e queriam ser mais bonitos ou melhorar alguns traços do seu visual diante do espelho. 

Crianças com cinco anos já são conscientes de sua aparência

O novo estudo realizado na Inglaterra mostrou que as meninas são muito mais propensas do que os meninos a ficarem tristes com sua aparência. Mais da metade dos entrevistados estavam preocupados com sua aparência e um quarto tinha chorado sobre isso, querendo ser uma pessoa mais bonita ou mudar algo em seu rosto e cabelos. Dois em cada cinco pais relataram que seu filho muitas vezes comparavam a sua aparência com dos amigos e colegas de escola.

O problema está em casa

No entanto, os pais admitem que poderiam cuidar deste problema eles mesmo e muitos admitem que o problema está em casa. Todos os pais com problemas com os filhos e sua beleza também eram pais que se comparavam a outros e queriam ser mais bonitos. Logo, o exemplo foi seguido, e isso não é bom.

Em uma tentativa de combater o problema, 69% dos pais dizem regularmente a seus filhos “que o que importa está por dentro’. Mas um em cada 50 insiste em dizer a seus filhos que a aparência é importante, e por isso as crianças acabaram crescendo preocupadas com isso.

Os pesquisadores foram motivados pela chuva de informações sobre moda e beleza que as crianças recebem todos os dias, seja ouvindo conversa de adultos ou assistindo TV. O problema disso é que os pequenos podem crescer com traumas fortes por não se sentirem encaixados no padrão de beleza imposto pela mídia.

 

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Revenda Roupas

Deixe um comentário