Insegurança na frente do espelho? Mude o que você vê!




Mulher e insegurança: uma relação considerada de praxe de tanto que vemos por ai. Muitas mulheres se sentem feias, com baixa alto estima e que não conseguem um bom partido apenas olhando no espelho. O motivo? Elas apenas não sabem como mudar o que está do outro lado. Mas saibam primeiro que: ser feito ou ser bonito é bem relativo. Segundo: todo mundo pode ser mais feio ou mais bonito, basta não se cuidar.

Insegurança na frente do espelho? Mude o que você vê!

Observe o que você tem de lindo, e não o que tem de feio

Todo mundo tem algo lindo, mas que é apagado pela quantidade de defeitos que você observa no espelho. Comece a trabalhar a sua auto confiança observando o que você tem de bacana. Seus olhos com certeza são lindos e ficam mais bacanas com aquele delineador que você ama. Sua boca é carnuda? Pois lembre de Angelia Jolie: os homens adoram. Seu cabelo é longo? Mais um motivo para você valorizar os fios que os homens amam. Todo mundo tem algo de bom.

Tire um tempo para cuidar de você

O problema de você não amar mais o reflexo que vê no espelho todos os dias pode ser apenas a falta de um pouco mais de carinho consigo mesmo. Tente hidratar os fios uma vez por semana, fazer buço e liminar tudo o que pode ser chamado de imperfeição em seu rosto. Tente também malhar, caminhar ou algo que te ajude a perder peso. Tudo vale quando você busca um pouco mais de beleza e se sentir bem consigo mesmo. As vezes o que falta é um pouco de atitude para mudar toda a pespectiva de você em relação a você mesmo. 

Insegurança na frente do espelho? Mude o que você vê!

Busque uma consultoria de imagem

Se você pode pagar e não sabe bem do que gosta e do que não gosta no espelho, uma dica é contratar um consultor de imagem. Este vai avaliar sua forma de agir, vestir e até de falar e vai te dar dicas e conselhos bacanas para o dia a dia, te mostrando como você pode melhorar seus hábitos e sua forma de se mostrar ao mundo. Pode ser uma boa opção para seu caso.

Para ler: A marca de uma lágrima, de Pedro Bandeira – a obra, narrada em primeira pessoa, é um livro pequeno e conta a história de Isabel, uma adolescente poética que se achava feia, mas na verdade ela apenas não tinha encontrado a pessoa certa para estar ao seu lado.

 

 

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Revenda Roupas

Deixe um comentário