Viver ou juntar dinheiro?




Essa é uma questão muito discutida, o que é a diferença entre viver e juntar dinheiro? A diferença é simples, para juntarmos dinheiro precisamos deixar de viver certas coisas, e para viver certas coisas precisamos não juntar dinheiro. Mas até que ponto será que isso move a vida de uma pessoa para o bem ou para o mal. Cada pessoa tem uma prioridade de vida diferente, uns acham importante juntar dinheiro caso precise para uma eventualidade, outros já não se preocupam com isso e acham que dinheiro foi feito para gastar, mas qual dos dois será que é o certo?

Viver ou juntar dinheiro?

Juntar dinheiro

Juntar dinheiro tem seu lado positivo e até mesmo negativo, geralmente pessoas que trabalham com o objetivo apenas de juntar dinheiro não são completamente felizes. O fato de juntar dinheiro gera um sentimento de satisfação, mas não de alegria, pois muitas vezes acabam deixando de viver momentos bom apenas pelo intuito de não gastar dinheiro. Isso de certa forma atrapalha a vida das pessoas, é errado deixar de fazer algo que te de prazer e alegria por pena de gastar uns trocados. É preciso ter um equilíbrio diante disso, afinal não é errado ter um dinheirinho reserva, mas errado é deixar de ser feliz por pena de gastar o dinheiro.

O imporante é sempre buscar a felicidade

Viver

Gastar dinheiro pode gerar muita felicidade as pessoas, afinal trabalhar o mês todo e não poder desfrutar do que ganha é muito errado. As vezes temos que pensar que devemos viver o hoje, nunca sabemos quando chegará nosso fim, por isso é importante viver o hoje e ser feliz hoje. É errado pensar que juntar dinheiro gera uma velhice feliz, pois quando a idade chega não terá mais o pique de quando era jovem para fazer as coisas. Por isso gaste dinheiro com responsabilidade e viva feliz todo instante, pois hoje precisamos saber o valor das coisas e não o seu preço.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Revenda Roupas

Deixe um comentário