Como fazer seu filho comer alimentos saudáveis




Um dos grandes desafios na criação dos filhos é fazer com que eles tenham uma alimentação saudável. A grande maioria das crianças torce o nariz para legumes, verduras e frutas, alimentos que são fundamentais para a saúde, principalmente no caso de quem está em fase de crescimento.

Como fazer seu filho comer alimentos saudáveis

Simplesmente forçar a criança e fazer chantagens não são boas opções, muito pelo contrário. Por mais que você consiga convencê-las em um primeiro momento, elas irão associar os alimentos a algo ruim e não é essa a ideia. Confira, a seguir, algumas dicas de como incentivar as crianças a comerem frutas, legumes e verduras de uma forma saudável e sem traumas.

Crie um ambiente tranquilo nas refeições

O primeiro passo para introduzir uma alimentação mais saudável para as crianças é proporcionar a elas um ambiente tranquilo na hora das refeições. Muitas mães costumam ficar nervosas por já imaginarem que a criança não vai comer direito. Se você começa a pressioná-la antes mesmo que ela se sente a mesa nenhuma tática irá funcionar.

A criança não pode se sentir pressionada, pois se ela perceber que será obrigada a comer algo, é bem provável que ela faça birra e não coma. Portanto, haja com naturalidade, coloque-a na mesa, sente-se e fale com ela com calma sem mencionar frases do tipo: “Se você não comer legumes não tem sobremesa”; “Não quero saber de enrolação com a comida”, etc.

Faça Pratos Atrativos

Os legumes e as verduras são coloridos, use isso ao seu favor, afinal, que criança não gosta de coisas coloridas? Faça pratos lúdicos, monte bonecos, rostos e outros desenhos usando os alimentos, quanto mais colorido ficar, melhor.

As mães que trabalham e não têm tempo para fazer esse tipo de prato podem aproveitar os finais de semana para ter esse momento especial com os filhos. Chame a criança para te ajudar na montagem do prato, ela irá se sentir importante e se sentirá envolvida, o que irá fazer com que ela sinta vontade de comer.

No caso das frutas, uma ideia bastante simples e que irá atrair as crianças é picar vários tipos de frutas e usar um palito de churrasco para fazer espetinhos. Quanto mais colorido ficar o espetinho, melhor. Experimente servir os espetos com frutas quando o seu filho estiver com algum amiguinho, assim, um anima o outro a comer e, no fim, os dois saem ganhando.

Dê o Exemplo

Não adianta nada querer que o seu filho coma alimentos saudáveis se você não dá o exemplo. A criança irá questionar caso os pais não estejam comendo aquilo que está sendo oferecido a ela. A velha história do faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço não funciona quando se trata de educar os filhos. O ideal é que toda a família coma verduras, legumes e frutas.

Respeite o Paladar da Criança

Antes de obrigar o seu filho a comer todos os legumes encontrados na feira pare e pense: Você gosta de tudo? Se sim, ótimo, porém sabemos que todas as pessoas têm alguns alimentos que gostam mais e outros que simplesmente não conseguem comer, isso é natural. Por isso, respeite o paladar do seu filho, mas, claro, para dizer que não gosta de algo é necessário provar antes.

As crianças têm a mania de dizer que não gostam de algo antes mesmo de provar. Nesse caso, explique que ela não sabe se realmente não gosta, pois nem sabe qual o gosto. Mas mesmo assim, não force-a, deixe-a livre para provar quando sentir vontade.

Dê Opções de Alimentos

Troque as suas frases, ao invés de dizer: Coma toda a couve-flor diga, calmamente e de forma natural: Você prefere couve-flor ou brócolis? Dessa forma, a criança se sentirá livre para escolher e acabará respondendo de forma natural qual ela prefere. A ideia de autoritarismo não é bem vista, nem por crianças e nem por adultos. Por isso, quando se usa essa abordagem diferenciada os resultados tendem a ser melhores.

Se possível, leve a criança até a feira ou supermercado e peça ajuda na hora de comprar os alimentos. Assim, ela já irá mostrar na hora das compras o que pretende comer e você evita desperdícios. Faça desse momento algo divertido, conte histórias, invente apelidos para cada alimento. Esses pequenos gestos irão fazer uma grande diferença e você estará ajudando o seu filho a construir uma boa relação com a comida.

Tenha Paciência

Se o seu filho não come nenhum legume ou verdura, não é de uma hora para outra que isso irá mudar. Não pense que seguindo as nossas dicas no dia seguinte a criança estará se alimentando da maneira mais saudável possível. Tudo leva tempo e é necessário ter paciência.

Cada passo que você der estará fazendo uma grande diferença, mas mantenha a calma e não cobre resultados da criança caso eles não estejam aparecendo da maneira que você esperava. Cada legume ou verdura ingerido pela criança é uma pequena vitória, por menor que tenha sido a quantidade. Saiba valorizar as pequenas conquistas alimentares da criança.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

Revenda Roupas

Deixe um comentário