Como lidar com uma morte na família?




A morte é um dos momentos mais marcantes para uma família, mas um mal necessário. A fisiologia humana é feita para suportar apenas alguns anos de vida no planeta, quando diminui seu ritmo de restauração das partes perdidas e as células inevitavelmente irão morrer, levando a morte do corpo. Nunca é fácil quando isso acontece, principalmente quando acontece antes do período previsto.

Como lidar com uma morte na famíliaÉ preciso dar tempo para sentir a dor

Seja por doença ou acidente, nunca é fácil enfrentar a morte de um parente. Quando um parente morre ainda jovem, a família passa por diversos estágios. Um deles é o período de  aceitação, que pode demorar alguns dias ou meses e é bem mais chocante em caso de mortes por acidente. Uma pessoa saudável que estava conversando  com você de repente, sem qualquer sinal, está envolvida em uma fatalidade e acaba por morrer. Não é fácil para aceitar tal situação e qualquer palavra que seja dita por amigos e parentes não vai adiantar, apenas o tempo.

O tempo é o melhor amigo para curar feridas como a morte. Por mais que se diga algo, as pessoas irão  pensar sobre o assunto e descobrir por si só que a pessoa pela qual estão chorando não irá mais voltar. Mas apenas o tempo irá ajudar com esta dor.

Como lidar com uma morte na família

Tente conversas sobre outros assuntos

Por menos transparente que seja a pessoa, todos sentimos a morte de um ente querido e você não precisa relembrar em conversas sobre ela. O melhor para uma pessoa que perdeu um parente é pensar em outras coisas, ou pode cair em depressão pela dor causada. Não se deve forçar uma saída de casa, mas consolo constante com palavras tradicionais de conforto apenas aumentam a dor. Frases como “eu sei que vai passar” e “entendo o que você está passando” não ajudam, apenas irritam e aumentam a dor.

Permita o choro e a dor 

Chorar é um dos estágios do luto e é sinal que a dor está forte, mas está sendo controlada. Se não há choro, mais cedo ou mais tarde haverá um extravaso como raiva, gritos e rancor, mas ele deve acontecer. O desabafo não pode ser contido ou a dor vai ser ainda maior.

A dor vai passar

A dor vai passar. Sempre passa. Com o tempo o momento da perda vai ficando distante, a raiva irá embora e a aceitação vai chegando. O período de luto pode demorar bastante para algumas pessoas, em especial para pais que perderam os filhos. 

 

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Revenda Roupas

Deixe um comentário