As oito características do empreendedor perfeito




Quem não quer começar por cima e já fazendo sucesso, não é? A boa notícia é para se ter sucesso no empreendimento, o primeiro e principal segredo é uma boa gestão de negócios. Uma empresa com um bom líder tende a vender bem, ser mais lucrativa e também crescer bastante já nos primeiros cinco anos. E não é difícil ter uma boa gestão, apenas ser um bom empresário e saber como conduzir os negócios, o que não é pouca coisa para saber.

empreendedor perfeito

Para quem quer ser um bom empreendedor e fazer do seu negocio um empreendimento lucrativo, temos a seguir oito características que todo empreendedor deve ter para ser bem sucedido. Confira em nossa lista abaixo:

1 – Saber como e quando arriscar

É fato que um bom empreendedor precisar ter coragem para entrar em situações de riscos. Mas melhor do que isso, é saber a hora certa de fazer isso e como fazer. É preciso ter coragem para assumir um determinado tipo de risco e a quantidade, um limite para que tudo ocorra bem. Nada de investir todo o capital da empresa em apenas uma carta e depois não ter mais como reerguer o empreendimento. É preciso saber a hora certa de entrar em um bom investimento arriscado, mas também quando desistir.

Arriscar é importante e muitos empresários tendem a não fazer o seu negocio crescer com medo de que algo aconteça e sua decisão seja errada. Por isso é importante ter uma boa base de conhecimentos de estudo de mercado, estar atualizado nas noticias, saber quanto e onde investir e quando dizer não, mesmo que seja uma linda visualmente oportunidade.

2 – Ter conhecimento de gerência de negócios

Ter dinheiro no bolso não é sinal de liderança. Algumas pessoas já nascem com isso e outras adquirem em cursos e com experiência, mas é preciso ser um bom gerente de negócios para ser um empreendedor de sucesso. E isso não quer dizer apenas saber mandar, mas também ter conhecimento de finanças, contratação, pessoal e o seu próprio ramo de investimento e não apenas confiar na opinião de terceiros.

É preciso ter conhecimento de capital de risco, investimento relativo, capital de giro e outros termos que vão ser seu dia a dia, bem como os tramites que envolvem uma contratação e demissão, pois são gastos de verba podendo tal gasto ser desnecessário.

3 – Organização

Você jamais irá conhecer uma empresa com crescimento amplo com um chefe desorganizado. É preciso ter um bom sendo de organização e ferramentas para tal para que tudo flua mais rápido. Saber dividir tarefas é o essencial, para poder inclusive identificar o setor com problemas em caso de crise. Organização é ter uma empresa andando em conjunto com uma boa equipe e não centralizar e não ter ordem para resolver os problemas.

Ser solicito a todos em todo instante não é sinal de desorganização, mas saber identificar prioridades para solução o é. O melhor é saber gerir um empreendimento em etapas e também entender como gerenciar cada etapa de desenvolvimento. Cursos de gestão empresarial são ótimos para ajudar neste ponto.

4 – Especialista em marketing

Bons empresários sabem que um setor de marketing em uma empresa é de extrema importância para o andamento da mesma e sabem como o fazer. Todo bom gestor sabe como cuidar da sua imagem, da sua empresa e de seus empresários e sabe exatamente o que quer. Em sua maioria os gestores nato conhecem muito bem sobre o assunto mesmo de forma empírica, mas nada que um bom curso ou livro não possam ajudar.

Caso este seja seu lado deficiente, boas leituras sobre o que é marketing empresarial podem ajudar a desenvolver o tema e também em como cuidar melhor da sua própria imagem. Um velho dito popular informa que, o dono é o espelho de sua empresa e se ele não sabe como se portar, também não sabe como gerir o seu negócio. E não estamos falando aqui da forma de se vestir, mesmo que este seja um ponto a ser levado em consideração sempre, mas como se portar diante de decisões e como cuidar para a empresa sempre estar com imagem positiva na mídia.

5 – Interação com as pessoas

Não existe um bom empresário sequer que não tenha o dom da palavra. Um bom exemplo é Silvio Santos, o ainda proprietário do SBT, uma pessoa extremamente simpática e só elogios quanto a sua presença na empresa. A interação com os outros é uma ferramenta muito valiosa para o chefe, pois este precisa se fazer ouvir, ser respeitado e ainda ter os resultados esperados e tudo isso é conseguido basicamente com o dom da palavra.

Um gestor fechado em si e em seu ambiente não exerce duas funções comunicativas importantes: saber falar e saber ouvir. Interagir com as pessoas também é uma forma de abrir o canal para encontrar problemas a serem resolvidos bem como dar soluções não encontradas. E pensar na coletividade é uma ferramenta chave para um bom empresário.

6 – Auto motivado

Um empresário nato sempre sabe o que tem que fazer e não precisa de nenhum livro de auto ajuda ou estimulo de milhões de amigos para levantar da cama. É preciso ser auto motivado, encontrar em você mesmo uma força para ser um vencedor e isso não é uma exceção, mas uma regra com o mundo empresário. As vezes esta posição pode ser bem difícil, uma vez que a concorrência, empregados e seus problemas e dificuldade de orçamento o fazem querer jamais voltar ao escritório de trabalho.
Ser auto motivado é importante para vender no meio empresarial, pois a torcida é grande para que você não alcance seu intento.

7 – Conhecimento de seu ramo e seu produto

Existe uma situação bem comum em novos empresários. Por uma matéria de televisão, uma revista ou um comentário de amigos algumas pessoas começam a crer vender tal produto ou oferecer um serviço X podem o levar a fazer sucesso. Com o dinheiro em mãos e sem base, começa um novo negócio e em menos de dois anos a empresa fecha as portas. Motivo? Falta de conhecimento em seu ramo de produto.

Faça uma pesquisa com vendedores bem sucedidos no mercado: eles sabem tudo sobre o seu ramo de negócios. Eles entendem como é feito, onde é vendido, qualidades e defeitos e assim deve ser feito no dia a dia de um empresário de sucesso. Jamais ignora a base que são as informações de seu produto para ser bem sucedido, não vai funcionar. O conhecimento amplo vai te dar alternativas em fontes mais baratas para venda, estratégia de mercado e até como vencer a concorrência.

8 – Ter iniciativa

Quem já não conheceu um dono de empreendimento que tem mil idéias e sempre diz que vai fazer, declara falência e sempre pensa em como poderia ter salvado a sua empresa? Este com certeza não tinha iniciativa. Seja na vida pessoal ou no trabalho, ter iniciativa é muito importante para poder os planos saírem do papel e um empreendedor nato possui isso em seu sangue. Às vezes o problema pode ser não ter encontrado o sócio certo, ou a equipe cerca, mas ele saberá quando for a hora.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

Revenda Roupas

Deixe um comentário