Como ser amigo do chefe




Muitos funcionários sentem uma certa distância do chefe. Natural, ele tem um cargo mais alto e também precisa manter esta distância. O seu cargo exige isso. Contudo, é uma pessoa como qualquer outra, e pode ser seu amigo sem qualquer problema. Com os passos corretos e uma abordagem não agressiva, você pode sair sim com seu chefe nos fins de semana e quem sabe ser seu braço direito. Confira algumas dicas para isso.

ser amigo do chefe

Ser amigo do chefe pode também te trazer benefícios na carreira. Nunca se sabe, não é mesmo?

Seja você mesmo 

E não o babão do chefe. Todo bom profissional adora uma pessoa autêntica, e isso pode ser seu forte diante de diversos personagens da empresa que concordam com tudo o que o chefe diz apenas para agradar. Originalidade pode ser o que de melhor você tem para oferecer.

Puxe um papo ‘cabeça’

E isso quer dizer falar algo realmente interessante, e não um comentário besta para arrancar sorrisos. Espere uma conversa acalorada em confraternizações ou durante uma reunião e comente sobre o assunto se mostrando uma pessoa bacana e com conhecimento, mas sem ser boçal. Seja apenas legal e educado comentando.

Seja uma pessoa presente

Em tudo, ou não será notado. Ofereça ajuda eventualmente, vá até seu chefe apenas para dar bom dia e esteja nas festas da empresa. Seja uma pessoa presente em reuniões e busque sempre dá a sua posição em votações, não se tornando tímido quando for questionado por algo. Isso faz os laços do seu chefe por você aumentarem. Vá onde seu chefe estiver.

Faça um convite para uma happy hour

Se seu chefe caiu nas suas graças, por que não convidar para um café depois do expediente? Nada demais. Isso deixa espaço para a relação ficar mais forte, e ainda traz vantagens como o fato de vocês poderem conversar fora do ambiente de trabalho. Boas amizades entre chefe e funcionários começaram assim, com saídas estratégicas de pouco tempo de duração.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Revenda Roupas

Deixe um comentário