Nunca consigo ficar no emprego muito tempo. Há algo errado?




Algumas pessoas tem sorte e ficam mais de vinte anos em uma empresa, as vezes fruto do seu primeiro emprego. Outras, contudo, pulam de emprego e emprego e tornam a sua carteira de trabalho um verdadeiro álbum de coleções. Se este é o seu caso, talvez seja importante rever alguns pontos para garantir a estabilidade financeira e profissional.

Você sabota cada emprego seu?

Parece estranho pensar nisso, mas algumas pessoas sabotam seu próprio emprego. Como? Fazendo coisas as quais sabem que seu chefe não aprovaria, mas porque não quer estar ali. Pode ser algo consciente ou não. É como sua mente dizendo que você não está satisfeito com sua empresa, com sua vida e acaba por criar problema em tudo e causando a sua própria demissão.

Sabotar seu emprego é comum quando você não quer estar ali. E por que você não iria querer? Porque não é a profissão a qual sempre sonhou, você não gostaria de estar nesta emprega ou algo que sua mente quer dizer todos os dias mas você não informa. Talvez procurar uma nova área ou se informar qual a sua afinidade no mercado de trabalho no teste vocacional possam te ajudar a ter estabilidade no emprego.

emprego

Reveja seu comportamento na empresa

Você pode pensar que está agradando, mas alguma coisa que você faz está deixando seus chefes irritados a ponto de te colocar para fora. Reveja pontos importantes como produtividade, seu bom humor para com os colegas, se você não é o funcionário problema que acha defeito em tudo, se não fala mal da empresa, falta bastante, chega atrasado sempre, dentre outros. Reveja o que você faz na empresa e no próximo emprego tente mudar isso. 

Pode ser apenas falta de sorte

Infelizmente você pode não ter encontrado a sua praia, o local para se realizar pessoal e profissionalmente e está com falta de sorte. Continue sempre melhorando seu currículo e procurando boas oportunidades que vai encontrar.

 

 

 

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Revenda Roupas

3 Comentários

  1. Kid Vanguarda says:

    Ridícula é essa prisão corporativa em que somos presos.
    As pessoas tem todo o direito de buscar o que é melhor pra elas. Tem todo o direito de serem impacientes e descartar o que não servem mais a elas, cansam de ser apenas um número. Pelo menos pra mim não adianta ter um mega emprego, ganhar muito, ter um currículo lindo e viver consumido pelo ambiente de trabalho, drenado, estressado, infeliz e tendo meu talento e minha verdade, ofuscados por quem simplesmente tem mais formação e idade. Nossa cultura visa obviamente sempre a perspectiva do lucro, do que é padrão mas tem vergonha de assumir que precisa de liberdade e bem estar pra seguir em frente, ter motivação. Muitas vezes as pessoas dedicam as vidas delas a sonhos, projetos…dos outros. fazem a felicidade…dos outros.Eu não quero isso pra mim, prefiro ganhar pouco, viver a vida sem culpa e sem medo dos rótolos que os “corretos” vão me dar. Viva a geração Y!!! Viva a liberdade. Trabalhe pra viver e não viva pra trabalhar!

  2. Bruno says:

    achei MUITO fraco esse texto….. pensei encontrar algo mais completo, muito superficial! Sugiro refazer ou tirar do ar

  3. Bernado says:

    Achei esse texto ridículo, debocha completamente de quem tem esse problema fazendo parecer que a pessoa pode simplesmente tomar mais cuidado com sua atitude no emprego na hora de tentar ”agradar” os outros. Isso é fruto de um problema psicologico sério que pode dar problemas graves pra quem porta. O conselho é procurar um psicólogo, e não mudar de atitude

Deixe um comentário